Publicado 19/12/2016 12:08:05

Após reunião no Rio, 2 encontros decidem hoje futuro da UPA/Friburgo

Procuradores do Rio e políticos friburguenses na reunião na manhã desta segunda-feira

O atual prefeito e seu sucessor, Rogério Cabral (DEM) e Renato Bravo (PP) e os deputados friburguenses Wanderson Nogueira (estadual) e Glauber Braga (federal), ambos do PSOL, além de vários vereadores participaram na manhã desta segunda-feira, 19, de reunião no Ministério Público do Trabalho, no Rio de Janeiro, onde foi discutida a possibilidade de um acordo para evitar o fechamento da UPA de Conselheiro Paulino, a única de Friburgo, que corre o risco de encerrar as atividades na próxima quarta-feira, 21.

Não houve um decisão sobre o embróglio jurídico que envolve o caso, porém, todos os presentes deixaram a reunião demonstrando muito otimismo num desfecho favorável. Ainda nesta segunda-feira, 19, em Nova Friburgo, irão acontecer mais duas reuniões entre as partes para tentar uma solução que evite o fechamento da UPA, responsável pelo atendimento de 10 mil pacientes/mês.

As reuniões previstas para esta segunda-feira acontecerão no Ministério Público do Trabalho e, em seguida, na Vara do Trabalho. A primeira às 15h e a segunda às 17h.

O objetivo dos encontros é sensibilizar o MP do Trabalho e a Justiça do Trabalho a aceitarem a prorrogação do prazo de vigência do TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado pela Prefeitura. O termo obriga o município a substituir imediatamente a gestão terceirizada da UPA por funcionários concursados sob pena de multa diária de R$ 400 mil.

O apelo é que a discussão sobre a vigência do TAC seja transferida para o início de 2017, após a posse do prefeito eleito Renato Bravo. Desta forma, a UPA permaneceria aberta ao público nos moldes atuais.

UPA CONTINUARÁ ABERTA leia matéria atualizada

https://www.novafriburgoemfoco.com.br/noticia/friburgo-upa-de-conselheiro-continuara-aberta