Publicado 28/11/2014 16:36:30

Filmes da semana 28/11 até 04/12

Entra em cartaz esta semana em Nova Friburgo o filme Boa Sorte, uma produção nacional estrelada por Deborah Secco e João Pedro Zappa. Dirigido por Carolina Jabor, que estreia em um longa-metragem de ficção, o filme é uma aposta no chamado "cinema sério" num mar de comédias no atual cinema nacional. A história é sobre um adolescente que, devido a problemas de comportamento, é internado numa clínica psiquiátrica e se apaixona por Judite, uma mulher mais velha e portadora do vírus HIV, que está condenada à morte. Apesar do enredo pesado, o filme é suave e transcorre sem forçar para o dramalhão. Destaque para a atuação da versátil Deborah Secco que perdeu 11 quilos para interpretar o que pode ser visto como o melhor papel da sua carreira no cinema. Outro ponto positivo vai para o roteiro escrito por Jorge Furtado e seu filho Pedro, que consegue adicionar bom humor e diálogos relevantes. Apesar dos vários acertos, o final vai na contramão do próprio filme, com direito a lição de moral e narrativa explicativa. Não poderia deixar, porém, de destacar o frescor que Fernanda Montenegro leva para tela com uma pequena aparição como a avó de Judite. Vale o ingresso por ser um bom filme nacional, mais uma aposta nesse final de ano para tentar reverter o fraco desempenho junto ao público em 2014.

Outra estréia para esta semana é o filme Quero Matar Meu Chefe 2. Depois do sucesso do primeiro filme, era uma aposta certa que teria uma sequência. Desta vez, os três amigos que sofreram com seu chefes, decidem abrir um negócio próprio mas, depois de levarem um golpe do seu investidor, recorrem a soluções pouco convencionais. É uma comédia bem no estilo do cinema Norte-americano e tem na boa química entre os atores Jason Bateman, Charlie Day e Jason Sudeikis o ponto alto. O mistério é o fato de já poder ser visto em Nova Friburgo, sendo que a data de lançamento no Brasil é para 4 de dezembro. De qualquer forma, é um bom filme de comédia e a recomendação etária é para maiores de 14 anos por conta de cenas e insinuações picantes.

Para terminar, entra em cartaz esta semana De Volta ao Jogo. Dirigido por uma dupla de dublês David Leitch e Chad Stahelski, o filme não poderia ser diferente, muita pancadaria, sangue e carrões acelerando. Keanu Reeves é um matador aposentado que perdeu a esposa e, por um infortúnio, tem seu carro roubado, é espancado e seu cachorrinho é assassinado. O problema é que ele é John Wick, uma espécie de super matador que não vai parar até conseguir sua vingança. Destaque para a ótima coreografia das lutas, mais realista e com golpes conhecidos das artes marciais. Outro acerto é a linguagem aproximada ao video game, lembrando em alguns momentos, jogos de tiro e luta em primeira pessoa. No mais, é só desligar o senso comum, não levar muito a sério e se divertir. O filme não tem um enredo que sustente a narrativa, cai no lugar comum de filmes do gênero e, nem as poucas aparições de Willem Dafoe, conseguem levar algo de positivo às interpretações. Para quem gosta de ação, do matador incansável e de heróis com códigos de honra próprios, vale o ingresso. Não chega a chocar pela violência e a indicação é para maiores de 16 anos.



Sugestão: para quem vai preferir ver um filme em casa para esta semana é A Vida dos Outros. Uma produção alemã dirigido por Florian Henckel Von Donnersmarck, conta uma história de espionagem, repleta de chantagens e suspende, num drama que aos poucos sai da superfície e submerge na essência humana.

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia