Publicado 24/10/2014 17:36:34

Filmes da semana 24/10 até 30/10

Estreia em Nova Friburgo Drácula: A História nunca contada. Mais um filme com seres poderosos repleto de batalhas, efeitos especiais e lições de moral. Inspirado no príncipe Vlad, o empalador, que governou a Valáquia com mãos de ferro e extrema crueldade, este Drácula usa uma tradicional receita de bolo que tem na justificativa dos atos maldosos, a salvação de seu povo, da sua família e uma auto-penitência, elevando o monstro, ao status de herói. É uma aposta da Universal, afastando a visão gótica e sedutora do vampiro, em um filme com alguns acertos, mas com um roteiro pouco inspirado. Muitas batalhas, morcegos, diálogos fracos e um vilão pouco convincente. Para os fãs de vampiros, vai bater saudades de Bram Stoker, Anne Rice, entre outros, mas a proposta deste filme está no herói que se sacrifica por causas nobres e não nos tradicionais temas como imortalidade e questões existenciais. Vale o ingresso para quem gosta de filmes de ação e, apesar da indicação para 14 anos, as cenas das batalhas usam ângulos e sobras para amenizar a violência.

Outro filme que entrou em cartaz é O Apocalipse. Estrelado por Nicolas Cage, o filme é uma mistura de drama e ficção científica tendo a religião como fio condutor. É uma adaptação para cinema de uma produção que foi direto para DVD da série de livros "Deixados para Trás" de Tim Lahaye e Jerry B. Jenkins. Conta a história de quem ficou na Terra, após o desaparecimento de milhares de pessoas. Traduzindo para a visão religiosa, é a história dos descrentes e pecadores que passarão uma espécie de inferno na Terra enquanto os puros de espírito ascenderam ao céu. O problema é a baixa qualidade da produção em geral, que apela para um moralismo religioso sem aprofundar o debate, com cenas que não convencem ou justificam o próprio filme em si. Se não tivesse a presença de Nicolas Cage, que faz novamente a mesma atuação burocrática de sempre, possivelmente não estaria em cartaz nos cinemas.

Com um título irreverente, estreia o filme Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso. É uma adaptação de um consagrado livro infantil com mais de dois milhões de cópias impressas e é estrelado por Steve Carell e Jennifer Garner. É a típica comédia familiar americana. Alexandre, que se sente o patinho feio da família perfeita, lida com problemas que ninguém leva a sério. Do decorrer do filme as perspectivas mudam, as comparações entre as dificuldades de cada um se fazem presente e os problemas se multiplicam. Apesar dos clichês, exageros e piadas prontas, o filme é engraçado e tem na qualidade e integração dos atores, o seu ponto forte. Ótimo programa para fazer em família, e as crianças e adolescentes, certamente vão gostar.

Para terminar, entra em cartaz em Nova Friburgo o filme O Juiz. Um drama familiar com foco nas personagens e suas inquietações. Um pouco do de sempre, problemas do passado a serem superados para resolver complicações no presente. A fórmula batida, os personagens estereotipados e o roteiro arrastado, são os pontos negativos. Apesar disso, todos os outros pontos a serem analisados, são positivos. Até mesmo Robert Downey Jr. que mesmo fazendo o mesmo papel de sempre, o homem bem sucedido, descolado, inteligente e sempre com uma piada pronta, se destaca no papel. O melhor mesmo, fica por conta da atuação de Robert Duvall que protagoniza ótimas cenas e eleva a qualidade desta produção, criando veracidade e identificação com o público. Roteiro bem escrito, com diálogos interessantes e, mesmo não sendo um filme de tribunal clássico, tem boas disputas dentro e fora da corte. Pelo conjunto da obra, vale muito o ingresso.

 

 

Sugestão:

A dica da semana para quem vai preferir ficar em casa é Precisamos Falar sobre o Kevin. Um filme forte, que discute o amor incondicional de uma mãe pelo seu filho. Uma das melhores atuações da britânica Tilda Swinton. Um drama que fica gravado na mente, não só pela questão envolvida, mas sim, pela complexidade da natureza humana.

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia