Publicado 03/10/2014 11:43:08

Filmes da semana 03/10 até 09/10

Estreia no Brasil O Candidato Honesto. Produção nacional com Leandro Hassum como protagonista, vivendo um político corrupto que, após um encontro inusitado com sua avó, não consegue mais mentir. Já vimos esse enredo antes, mas imaginar um candidato à presidência, envolvido em várias tramóias, dando uma de honesto em Brasília, mesmo sendo uma comédia, pode trazer um pouco de reflexão. O enredo é óbvio, algumas personagens e situações não fazem qualquer sentido, são muitos os clichês, alguns momentos mais parecem esquetes de humor com piadas prontas e, por generalizar demais,  pode parecer para alguns, preconceituoso. Independente disso, o filme faz rir, e essa é sua proposta. É um filme engraçado, exagerado e com bons momentos. Mais um exemplar de uma comédias nacional que pode agradar, lançada estrategicamente na semana das eleições. Por conter muitos palavrões e insinuações sexuais, não aconselho levar crianças ou menores de doze anos. Uma dica, não saia correndo ao término da seção, espere os créditos, vão certamente render boas risadas. 

Para as crianças, entra em cartaz Os Boxtrolls. É uma animação que mistura técnicas distintas, o charme do Stop Motion, a beleza dos desenhos à mão e a computação gráfica. Baseado no livro "Here Be Monsters!" de Alan Anow, a produtora Laika Entertainment repete a estética sombria para contar uma história sobre criaturas que vivem nos esgotos, se vestem com caixas e que reviram o lixo dos humanos durante a noite. No fundo é uma crítica à sociedade e ao próprio indivíduo em si. Apesar de muitas semelhanças com dezenas de história conhecidas, pode agradar tanto aos menores como também aos adultos e ainda render momentos de reflexão. Pode não tem o brilho das animações anteriores da Laika, mas certamente é uma boa tentativa de se comunicar melhor com as crianças. Também vai a dica para não sair correndo do cinema. Depois dos créditos, vale esperar para ver as cenas do making of.

A última estreia da semana é Garota Exemplar. Quem gosta dos trabalhos do diretor David Fincher, não vai se decepcionar. Adaptado do livro de Gillian Flynn, roteirizado pelo próprio escritor, o filme conta a história de um casal com problemas que vão muito além do que estamos acostumados a viver. Nada mais pode ser dito sobre o enredo, e não leia nada antes de ver o filme. É uma mistura de investigação policial, drama e suspende. A narrativa é impecável, a linha do tempo é marcante e nada linear e acrescenta muito suspende e aproxima o público da comoção da trama. Tudo foi muito bem cuidado, desde a produção até as músicas. Ben Affleck faz mais um bom trabalho, mas o destaque vai para a atuação de Rosamund Pike, provavelmente a melhor de sua carreira. Esse é certamente o melhor filme em cartaz no circuito tradicional e já pode ser visto no Cadima Shopping, mas, devido ao conteúdo e cenas com violência, é indicado para adolescentes e adultos.

 

Sugestão: A dica para assistir em casa vai para o filme Adeus Lenin. Produção alemã que usa o bom humor para abordar discussões importantes sobre os regimes políticos. Em semana de eleições, é um bom filme para refletir sobre política e a sociedade.

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia