Publicado 25/04/2016 12:07:27

Embriagados de Amor - 25 de Abril, dia do AMOR

Começo esta materinha de hoje agradecendo a Deus por ter um amor. Amor esse, que me trouxe maturidade, aprendizado, amizade, compreensão, companheirismo e me deu a felicidade de ter uma das maiores experiências que uma mulher pudera ter. A de me tornar MÃE. São 19 anos desde a primeira vez que subimos ao altar e tivemos a coragem de dizer sim.

Quando casamos, não sabemos o que uma vida conjugal poderá nos trazer. E realmente, somo sujeitos a viver conflitos e lutas que com a misericórdia e amor de Deus superamos cada obstáculo na luta constante de manter o AMOR.

Mas como esta história é longa e precisaria mais algumas colunas para contar detalhes a vocês, hoje quero compartilhar um texto bíblico lindo que com certeza falará ao seu coração.

Quando duas pessoas cristãs se casam e se comprometem a ficar juntas até que a morte as separe, não há limite para o prazer sexual que podem experimentar. O sexo foi criado por Deus para procriação e para satisfação sexual do casal. O livro de cânticos dos cânticos revela a noite de núpcias do rei Salomão com sua esposa (4.12 – 5.1). Neste texto há, pelo menos quatro conceitos sobre a base do prazer sexual.

. O prazer sexual se baseia na atração do marido em relação à sua esposa. Esta atração acontece por que:

Ela se manteve fiel e pura para ele, ou seja, ela com um “jardim fechado” uma “fonte selada”.

 “Os teus renovos são um pomar de romãs, com frutos excelentes”. Salomão a maturidade sexual de sua esposa Sua sexualidade o seduz. Ela não é uma fruta amarga, e saborear as delícias do sexo ao seu lado é como provar as melhores e mais doces frutas.

 Ela é perfumada. Salomão cita vários tipos de fragrâncias que o atraíam em sua amada: hena, nardo,açafrão,canela,-azul, incenso, mirra, aloés e outras plantas perfumadas. Possivelmente, esses aromas fossem provenientes de banhos tomados com perfumes afrodisíacos.

 Ela é a “fonte” do jardim de seu marido, ou seja, em linguagem extremamente poética, Salomão comparava a resposta sexual de sua amada a águas refrescantes e deliciosas, um manancial bendito. Todos esses itens são, verdadeiros também em relação à esposa. Assim como o marido, ela é atraída pela fidelidade dele, pela sua maturidade sexual, pela sua higiene, pelo seu aroma e pela sua resposta sexual. A bíblia que o prazer e a satisfação sexual precisam ser recíprocos, isto é, um deve completar a alegria do outro.

. O prazer sexual se baseia na atitude da esposa em relação à sua própria sexualidade. Em cânticos 4.16, a Sulamita convida seu marido para ato sexual. Ela diz: “Levanta-te”... e vem tu, vento sul; assopra no meu jardim, para que se derramem os seus aromas. Ah! Venha o meu amado para o seu jardim e coma seus fruto excelentes! Ela o deseja e, como são casados, sente-se livres para desfrutar a relação sexual. Ela não sente culpa, medo ou insegurança.

. O prazer sexual se baseia na aceitação da satisfação sexual mútua. A descrição de Salomão em cânticos 5.1 “Colhi a minha mirra com a especiaria, comi o meu favo com mel, bebi o meu vinho o leite” demostra que há prazer mútuo na relação. Ela convida, e ele responde: “Quero ver você feliz”.

. O prazer sexual se baseia na aprovação de Deus. Observe que, ainda em Cântico 5.1, há uma parte do coro, que diz: “Comei e bebei amigos; bebeis fartamente, ó amados.” Quando o casal recebe a benção do senhor no casamento e se torna “uma só carne”, não há restrições para ambos. O próprio Deus os convida a desfrutarem uma relação de prazer.

O convite que Deus fez há tanto tempo a Salomão e a sua esposa, a Sulamita, é o mesmo que ele faz hoje àqueles que se casam e entreguem-se a outro inteiramente, sem reservas, sem medo, inibições, egoísmo e usufruam da exclusividade da mesma relação. Esse é o amor criado e aprovado pelo Senhor. Aceitem seu convite: “comei e bebei amigos; bebei fartamente ó amados.” (5.1).

Texto de Jaime Kemp

Então, o que acharam desta lista história de amor? Como você tem vivido o amor?

Um beijo e até a próxima!!

 

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia