x
Publicado 14/09/2015 09:43:56

4 meses com meu IPhone

Foi lançado mais um modelo de smartphone da Apple, o Iphone 6S. Isso me levou a querer escrever sobre minha primeira experiência com um celular da empresa da maçã. 

Quem me conhece sabe que sempre fui crítico à marca Apple. Acho seus produtos excessivamente caros, e alguns artigos recentes fundamentam minha opinião. Há poucas semanas, um documento mostrou que a Apple detém 92% do lucro no mercado de smartphone. Se ela tem um lucro muito acima da concorrência mesmo vendendo menos, significa que ela vende caro seus produtos, embutindo o valor de sua grife no valor de cada aparelho. 

Os aficionados rebatem dizendo que quem já teve um Iphone não quer saber de outro aparelho. 

Resolvi então conferir se isso é verdade. Aproveitei uma viagem ao exterior para comprar o modelo Iphone 6. Afinal, só podemos falar bem ou mal após experimentarmos. 

Estou usando há 4 meses, e admito que é um ótimo aparelho. Porém, nada que me tirasse um “uau!!!”. 

O design é realmente muito bonito. Infelizmente há a necessidade de colocar uma capa, pois o material em que foi fabricado é muito escorregadio. Procurei uma transparente, pois já que paguei caro pela logomarca, nada mais incoerente que colocar uma capa que o cubra todo. :-) 

A qualidade das fotos é melhor do que muitos concorrentes com mais megapixels. A câmera traseira tem apenas 8 megapixels, o que é pouco para um celular top de linha. Hoje em dia, vários celulares que custam 1 terço do seu preço estão vindo com câmeras de 12 megapixels. Mesmo assim, as fotografias são de excelente qualidade. Só agora, nesse modelo novo, o Iphone alcançou essa resolução já tão comum. 

O processador é apenas um 1.4 GHz Dual Core, o que para o sistema operacional que vem com ele, chamado IOS, é mais do que suficiente. Celulares Android com processadores semelhantes são bem mais lentos. É nessa hora que os Applemaníacos costumam mostrar um sorriso. Porém, não acho que isso seja uma virtude. Simplesmente acho o IOS bem mais limitado. 

O Android é um sistema bem mais personalizável. Instalando um launcher e/ou um lock screen, podemos mudar completamente a cara do celular. Podemos também instalar widgets, que no Android são muito mais versáteis que no IOS. Isso tudo acaba fazendo com que o sistema operacional Android seja mais pesado, e consequentemente precisando de um hardware superior. 

Eu poderia continuar escrevendo linhas e linhas comparando as especificações técnicas, mas o que acho mais importante é avaliar a relação custo X benefício. Claro que cada um prioriza uma determinada característica, portanto dizer que um Iphone 6 vale os mais de R$ 3.000,00 que se tem que pagar para tê-lo, é algo muito pessoal. 

Eu particularmente acho excessivamente caro. Um celular que custe metade do preço do Iphone 6 terá um hardware bem mais potente, compensando o S.O. mais pesado. Por um investimento bem menor, podemos ter um aparelho que terá alguns recursos melhores, e outros piores, mas que atenderá todas as necessidades de qualquer viciado nesse tipo de gadget. 

Se dinheiro não é problema, não acho errado querer se dar o prazer de ter esse aparelho, que causa admiração entre os amigos. 

Talvez eu tenha entrado no mundo da maçã justamente com um modelo que não trouxe nenhuma grande inovação, e isso pode ter influenciado minha opinião. Já o modelo mais recente, que ainda não está disponível no Brasil, contém um novo recurso que pode transformar a maneira como nos comunicamos com os programas de celular. 

Esse recurso se chama 3D Touch, que reconhece a pressão que fazemos sobre a tela do smartphone, abrindo um universo de novas possibilidades de interação com os aplicativos, principalmente jogos. Porém, ainda depende dos desenvolvedores atualizarem e/ou criarem programas para tirar proveito dessa tecnologia. Isso pode levar ainda algum tempo. 

Como já usei meu aparelho por um tempo suficiente para formar minha própria opinião, meu plano é vendê-lo em breve, e com o valor recebido, comprar um ótimo Android. Quem sabe ainda sobre dinheiro para levar junto um smartwatch, e assim poder escrever um artigo sobre as vantagens de se ter um relógio inteligente.

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia