x
Publicado 07/02/2019 17:30:14

Vereador de Friburgo fica perto de assumir mandato na Alerj

Sérgio Louback: vereador e primeiro suplente do PSC na Alerj

O presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT), vem defendendo no colégio de líderes partidários da Casa a aprovação de um projeto de resolução para que os cinco deputados eleitos e que continuam presos sejam empossados e imediatamente licenciados. Caso esta proposta seja sacramentada, Nova Friburgo terá um representante da Alerj: o vereador Sérgio Louback, suplente Chiquinho da Mangueira (PSC), que está em prisão domiciliar.

O vereador friburguense confirmou que a hipótese de assumir o mandato na Assembleia Legislativa ganhou força nos últimos dias. Sérgio Louback, entretanto, prefere adotar a cautela e aguardar o desfecho da situação.

A proposta do presidente da Alerj (dar posse e imediata licença aos deputados presos) vem sendo cogitada a partir do momento que Justiça transferiu para a Assembleia Legislativa a decisão sobre a posse dos deputados presos. Na prática, eles não exerceriam seus mandatos, não teriam salários e tampouco teriam um gabinete à disposição.

O projeto de lei idealizado pela presidência da Alerj deve ser apresentado para solucionar um problema do atual regimento, que permite a posse somente até 60 dias depois da solenidade oficial ocorrida em 1º de fevereiro.

Os deputados eleitos que não tomaram posse ainda porque foram presos na Operação Furna da Onça são André Corrêa (DEM), Chiquinho da Mangueira (PSC), Luiz Martins (PDT), Marcos Abrahão (Avante) e Marcus Vinicius Neskau (PTB).