x
Publicado 29/01/2016 11:09:52

Pesquisa FIRJAN: Empresários da região vivem pior crise da década

No último trimestre de 2015, a insatisfação em relação às condições financeiras foi disseminada entre os empresários do Centro-Norte Fluminense. A Situação Financeira das empresas atingiu 33,3 pontos e foi a pior dos últimos dez anos, com queda da Margem de Lucro (30,7 pontos) e dificuldade no Acesso ao Crédito (30,6 pontos). Os dados são da Sondagem Industrial da região, divulgada nesta quinta-feira, 28, pelo Sistema FIRJAN.

Os índices da pesquisa variam de zero a cem pontos e os valores abaixo de 50 indicam pessimismo. Em relação às expectativas para o primeiro semestre deste ano, os empresários entrevistados esperam recuo da atividade produtiva.

Diante da perspectiva de queda da Demanda por Produtos Industriais (43,5) e estabilidade na Exportação (51,6), o panorama é de redução da Compra de Matéria-prima (41,0) e do Número de Empregados (42,6). A FIRJAN ressalta que a recente desvalorização do real não se refletiu em expectativa de aumento nas vendas externas.

A Sondagem Industrial apontou ainda a redução da atividade na região em dezembro. Tanto o Volume de Produção (39,4) quanto o Número de Empregados (41,6) recuaram no período. Com a queda da produção, a indústria supriu a demanda por seus produtos através da redução do Nível de Estoques (45,1).