x
Publicado 21/12/2016 08:35:58

Orçamento estadual irresponsável de autoria do governo e aprovado pela Alerj prevê crise maior

Servidores protestam na porta da Assembleia Legislativa

Se 2016 termina de forma melancólica, o ano que vem será ainda pior no Estado do Rio. A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta terça-feira, 20, o projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017. A previsão de déficit prevista no texto é de R$ 19 bilhões, quatro bilhões a mais do que este ano.

A crise econômica e fiscal no Estado do Rio parece ser uma peça de ficção para o governo Pezão e para os deputados estaduais, que aprovaram quase 5 mil emendas prevendo novos gastos.

A situação crítica dos servidores públicos, com salários atrasados e parcelados, e ainda sem 13º, parece que não irá mudar em 2017. No máximo, um artigo do Orçamento colocará o pagamento dos servidores em prioridade na frente de qualquer outro gasto do estado, incluindo investimentos, obras e pagamentos de dívidas. Convenhamos, é pouco. Muito pouco!