Publicado 14/09/2016 12:54:08

Justiça Eleitoral veta divulgação de pesquisa sobre a disputa da Prefeitura de Nova Friburgo

Por Portal Nova Friburgo em Foco

O juiz eleitoral da 26ª Zona Eleitoral, Leonardo Teles, deferiu nesta quarta-feira, 14, pedido de impugnação da pesquisa de intenção de voto para a Prefeitura de Nova Friburgo elaborada pelo Instituto Veritá (EPP/Veritá). Ou seja, a pesquisa não poderá mais ser divulgada sob risco de severas punições previstas na Lei Eleitoral. A decisão judicial atende ao pedido dos advogados da coligação majoritária "Nova Friburgo com Governo Sério".

O conteúdo do pedido feito pela coligação e a íntegra da decisão judicial serão tornadas públicas ainda nesta quarta-feira, 14, assim que as partes envolvidas no processo forem notificadas oficialmente.

A divulgação da pesquisa de intenção de voto do Instituto Veritá estava prevista para esta quarta-feira, 14. O pedido de registro no TRE havia sido feito no último dia 8 e a coleta de dados estava prevista para o período dos dias 11 a 14 de setembro. O número do registro é RJ-05712/2016.

No pedido ao TRE, o Instituto Veritá pretendia fazer 502 entrevistas em bairros e distritos de Nova Friburgo, através de um questionário contendo 37 perguntas - intenção de voto, rejeição dos candidatos, avaliação do atual governo municipal, entre outros.