x
Publicado 14/02/2018 10:30:03

INSS fornecerá salário-maternidade automaticamente após registro do bebê

Uma boa notícia para as mamães que têm direito ao salário-maternidade: a partir de agora, será possível receber o benefício automaticamente após o registro do bebê. A iniciativa faz parte do pacote de modernização do sistema de benefícios do Instituto Nacional do Seguro Nacional (INSS), e funcionará de forma integrada com os cartórios de registro civil.

Para ter acesso a ele é simples. Quando o pai ou a mãe da criança for até o cartório registrá-la, os dados serão repassados ao INSS e o benefício será liberado logo em seguida. A mudança tem o objetivo de diminuir as filas nas agências do órgão e facilitar o acesso a um benefício tão importante. Mas fique atenta, pois isso só será possível se o cartório onde a criança for registrada enviar os dados da Certidão de Nascimento para o Sistema Nacional de Informações do Registro Civil (SIRC).

Têm direito ao salário-maternidade contribuintes individuais, Microempreendedoras Individuais (MEI), empregadas domésticas, segurada empregada e desempregada, trabalhadora rural e mulheres que optaram pela adoção – em cada caso há especificações próprias.

Os requisitos para conseguir o benefício podem ser consultados no site do INSS ou ligar para o 135 para fazer o agendamento da requisição do salário-maternidade, as mães serão informadas se o serviço já está disponível e se elas podem receber o benefício sem ir a uma agência.

https://financasfemininas.uol.com.br