x
Publicado 29/07/2016 18:49:29

Indústrias da Região Centro-Norte Fluminense enfrentam pior nível de ociosidade, diz FIRJAN

De acordo com a Sondagem Industrial, divulgada pelo Sistema FIRJAN nesta quinta-feira, 28, empresários da Região Centro-Norte Fluminense revelaram piora na utilização da capacidade instalada, que atingiu o pior nível (54%) desde 2005, início da série histórica.

O resultado revela a elevada ociosidade na região. Como o volume de produção caiu pelo terceiro mês consecutivo (45,2) e houve redução do número de empregados (40,1) a capacidade produtiva está sendo subutilizada.

O indicador situação financeira também bateu o pior resultado dos últimos 11 anos (29,1) pelo terceiro trimestre consecutivo, acompanhado pela redução da margem de lucro (29,3) e da excessiva dificuldade de acesso ao crédito (21,0), cujo indicador atingiu o menor nível desde 2007. A Sondagem Industrial varia de zero a cem pontos. Os valores abaixo de 50 indicam piora ou redução e acima de 50 representam melhora ou aumento.

Ainda de acordo com a pesquisa, em relação a junho, a região supriu a demanda por produtos através da redução do nível de estoques (38,2), que ficou inclusive abaixo do planejado para o período (46,2).

A sondagem aponta ainda que os empresários também estão pessimistas para os próximos seis meses, pois a expectativa é que a demanda por produtos industriais recue. Apesar deste cenário, os industriais têm boas expectativas em relação ao mercado externo e acreditam no aumento das exportações (62,5).

O presidente da Representação Regional FIRJAN/CIRJ no Centro-Norte Fluminense, Joel Wermelinger Araújo, ressalta a importância do trabalho da Federação neste momento delicado. E destaca iniciativas com o Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016-2025, construído pelos empresários. "O documento aponta caminhos para nos levar a uma melhora expressiva no ambiente de negócios e na retomada do crescimento, apresentando propostas para questões estruturais, como infraestrutura, mercado de trabalho e sistema tributário", explica. Uma agenda regional do Mapa, dedicada às questões da região será lançada em agosto.

Participaram da Sondagem Industrial empresas de Nova Friburgo, Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes.