x
Publicado 03/09/2018 08:17:00

Friburguenses usam redes sociais para também lamentar incêndio que destruiu Museu Nacional

Museu nacional arde em chamas: perda inestimável

Os friburguenses também lamentaram profundamente o incêndio de grandes proporções que destruiu o prédio do Museu Nacional, que, a exemplo de Nova Friburgo completou 200 anos em 2018. Nas redes sociais, foram milhares de mensagens de luto pela perda inestimável, incompensurável, do patrimômio histórico.

Muitos friburguenses, de todas as idades, também postaram fotos do incêndio e também de visitas feitas ao Museu Nacional. 

O Museu Nacional é a instutição científica mais antiga do país e tinha um acervo de mais de 20 milhões de itens. Aproximadamente 3 milhões de itens estavam em outro prédio.

“É inestimável, incompensurável. A gente está falando de um museu que formou uma coleção histórica na época que os grandes museus da Europa estavam se formando. Tinha pesquisa acontecendo, tinha a reserva técnica de material arqueológico. Perdemos a oportunidade de conhecer parte do passado do próprio Brasil", lamentou Claudio Prado de Mello, arqueólogo e historiador do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) resumindo as consequências do incêndio.