x
Publicado 08/05/2018 19:30:58

Friburgo: magistério municipal aprova greve geral a partir de segunda e Prefeitura emite nota

Manifestação na Alberto Braune

Professores e profissionais da rede municipal de ensino de Nova Friburgo paralisaram suas atividades nesta terça-feira, 8, por 24 horas. Em assembleia realizada durante à tarde, no Colégio Jamil El-Jaick, a categoria aprovou greve geral a partir da próxima segunda-feira, 14 de maio.

O magistério municipal está sem reajuste salarial há três anos. Outro questionamento é o piso abaixo do salário mínimo, condições inadequadas de trabalho, plano de cargos e salários, entre outros pontos.

Professores e profissionais da educação também ameaçam não participar do desfile cívico-militar de 200 anos de Nova Friburgo, em 16 de maio (quarta-feira da semana que vem). A possível ausência no desfile ainda não está definida.

A próxima assembleia do magistério será em 18 de maio. Um dia antes, o prefeito Renato Bravo se comprometeu a apresentar uma contraproposta à categoria.

NOTA OFICIAL DA PREFEITURA

"Nesta terça-feira, 8, o prefeito Renato Bravo recebeu os servidores da rede municipal de Educação para conversarem sobre suas reivindicações por reajuste salarial, redução da carga horária e planos de cargos e carreira.

Ficou acertado que o prefeito, em conjunto com os secretários de Finanças, de Recursos Humanos e Educação, após realizar um levantamento sobre todos os pontos solicitados, apresentará uma contraproposta em uma semana".