x
Publicado 08/11/2018 11:36:58

Bandido procurado no Estado foge a cerco policial em Friburgo

Um dos traficantes mais procurados pela polícia, conhecido pela alcunha de Léo Serrote, estava escondido em Friburgo. Acusado de homicídio, tráfico e associação ao tráfico, corrupção de menores e outros crimes, Léo Serrote estava escondido em Riograndina, junto com outros comparsas (2 foram presos). No portal dos procurados, a recompensa para quem der informações que levem à prisão dele vale R$ 1 mil.

OPERAÇÃO POLICIAL EM RIOGRANDINA

Policiais do Serviço Reservado do 11º BPM (Nova Friburgo) conseguiram localizar nesta quarta-feira, 7/11, um imóvel em Riograndina onde funcionava um ponto de apoio da facção criminosa TCP. Dois traficantes foram presos e um fugiu. Eles, segundo a PM, fazem parte do bando do traficante "Sumiço", que está preso no Rio de Janeiro, mas, ainda assim, comanda a venda de drogas no bairro São Geraldo.

Um dos presos, identificado pela alcunha de "Famosinho", tinha como atribuição fazer o refino da droga e ainda comandar pontos de venda de entorpecentes. Ele, ainda segundo a PM, é oriundo da comunidade Serrinha, no Rio de Janeiro. Outro preso foi identificado pela alcunha de "Piratinha", também é da capital. Eles confessaram, de acordo com a PM, que trabalhavam para "Sumiço" - chefe do TCP em Friburgo.

O traficante conhecido como "Léo Serrote" conseguiu escapar. Ele aparece na lista do portal dos foragidos como um traficante perigoso. A recompensa por sua captura é de R$ 1 mil.

Na operação em Riograndina, a PM apreendeu 607 pinos e papelotes de cocaína, 165 frascos de cheirinho da loló e lança perfume; vasilhames e seringas para mistura de drogas.