x
Publicado 05/09/2016 12:20:55

Bancários de Friburgo marcam greve para dia 8, 2 dias após deflagração da paralisação nacional

Através de nota divulgada à imprensa, o Sindicato dos Bancários de Nova Friburgo - com base territorial no Centro-Norte Fluminense - informou que a categoria irá decidir nesta terça-feira, 6, a adesão ao movimento nacional de greve. No município e região, a possível greve dos bancários, se aprovada pela categoria, só deverá ser deflagrada a partir de quinta-feira, 8.

O calendário de greve em Friburgo e região diverge da campanha nacional da categoria, cuja previsão é iniciar a paralisação por tempo indeterminado a partir desta terça-feira, véspera do feriado comemorativo ao Dia da Independência (Sete de Setembro).

Segundo o Sindicato dos Bancários de Friburgo, a categoria rejeitou a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) que ofereceu 6,5% de reajuste salarial, índice que, segundo os sindicalistas, "não cobre sequer a inflação do período [a data-base dos bancários é 1º de setembro]".

A proposta dos bancários é de reposição da inflação de de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, além de outras reivindicações, como melhores condições de trabalho.