x
Publicado 29/07/2014 16:11:41

Coluna de 29/07

PARA PENSAR:
“É capaz quem pensa que é capaz”
Buda 

PARA REFLETIR:
“Não sou nada. Nunca serei nada. Não posso querer ser nada. À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo”
Fernando Pessoa


HOSPITAL DO CÂNCER
O projeto executivo do Hospital Regional do Câncer de Nova Friburgo (veja maquete) está pronto e a licitação para contratação da empresa que fará a readaptação, ampliação e modernização do antigo prédio do CAVS, na Ponte da Saudade está marcada para o dia 4 de agosto.
Se tudo correr dentro dos conformes, a obra começará mês que vem e será concluída no final de 2015.
Para se ter noção do que representa a instalação de uma unidade deste nível no município basta apenas um dado: aqui, no Centro-Norte Fluminense, segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer) são registrados 2.600 novos casos de câncer a cada ano.
Parece muito. E é.

SEGUE...
Os principais casos de câncer registrados no Centro-Norte Fluminense nos últimos anos são os de mama, ginecológicos, próstata e colo retal.
O futuro hospital oferecerá tratamento de quimioterapia e radioterapia.
E, claro, ajudará a aliviar a dor dos pacientes que, atualmente, são obrigados a enfrentar duras jornadas para irem se tratar no Rio de Janeiro.

ELEIÇÃO MAJORITÁRIA
Nova Friburgo representa um pingo no oceano eleitoral do Estado do Rio e do Brasil, mas não costuma seguir as tendências de voto da maioria.
Em 2010, por exemplo, o tucano José Serra bateu a presidente Dilma Rousseff nos dois turnos.
No primeiro, por 39% a 31%; e no segundo turno por 60% a 40% dos votos válidos.
Friburgo foi um dos três municípios do Estado que a então candidata petista não venceu.

RETROSPECTIVA
Segundo pesquisas, o eleitor não costuma lembrar em quem votou nos pleitos passados (você lembra?).
Veja alguns números da eleição friburguense em 2010:
José Serra bateu Dilma nos dois turnos; Sérgio Cabral, eleito no primeiro turno, obteve 71% dos votos friburguenses; e para o Senado, deu Lindbergh com 37,2%, seguido de Jorge Picciani, com 20,7%, e Marcelo Crivella, com 17,7% dos votos.

E AINDA
Para deputado federal, em Nova Friburgo, os mais votados foram Glauber Braga (domiciliado no município) com 36.055 votos e Adrian Mussi (de fora) com 2.765 votos.
Para a Assembleia Legislativa (Alerj), o mais votado no município foi o atual prefeito Rogério Cabral, com 26.628 votos e Samuel Malafaia (de fora) com 2.366 votos.

NO MAIS...
Reparem nos nomes citados acima.
Praticamente todos foram candidatos em 2010 e serão candidatos novamente este ano.
Ou seja, quase nada mudou.

PENTE FINO
Uma equipe do Corpo de Bombeiros está entrando em loja por loja, esabelecimento por estabelecimento, da Avenida Alberto Braune.
É a famosa dura.
De cada três estabelecimentos, dois estão sendo notificados a cumprir uma série de exigências previstas em lei.
Caso contrário, a multa é pra lá de salgada.

RAMPAS
Nova Friburgo tem cerca de cinco mil pessoas com algum tipo de deficiência motora, segundo dados do IBGE.
A boa notícia é que a Secretaria de Serviços Públicos está instalando cerca de 50 rampas para deficientes na Avenida Alberto Braune e ruas adjacentes.
Já a conservação das calçadas...

CADÊ OS OUTROS?
A Secretaria Municipal de Saúde está fazendo um recadastramento de todos os servidores lotados nas unidades de saúde.
Os primeiros dados são preocupantes.
Dos 150 servidores da limpeza das unidades de saúde, apenas uns 30 foram localizados trabalhando na função para a qual foram contratados.

MAIORES DEVEDORES
A Prefeitura tem uns R$ 250 milhões para receber dos contribuintes friburguenses.
Detalhe: ao que parece, pobre cumpre em dia suas obrigações, já os ricos andam na contra-mão.
É que 70% do valor devido aos cofres municipais pertencem apenas a uns 5% dos contribuintes.
Leia-se planos de saúde, empreiteiras etc.

MAPA DO PERIGO
O Mapa de Ameaças Naturais apresentado nesta terça-feira, 29, pela Secretaria Estadual de Defesa Civil mostra que o perigo ainda ronda a Região Serrana.
Na versão 2014 do mapa, os riscos mais registrados aqui, em Friburgo, continuam sendo deslizamentos e inundações.
Aliás, cerca de 20 mil famílias ainda residem em áreas de risco.

PONTO FINAL
O portal Nova Friburgo Em Foco está bombando na internet.
Somos o primeiro jornal genuinamente eletrônico da minha, da sua, da nossa cidade.

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia