x
Publicado 09/10/2014 17:09:28

Coluna de 09/10

ELEIÇÃO DA CÂMARA
Não será apenas o segundo turno das eleições no estado do Rio e no país que movimentará a política friburguense este ano.
Tem mais: em dezembro, será escolhido o presidente da Câmara para o biênio 2015/2016 e, ainda, os outros quatro integrantes da mesa diretora do Legislativo.
O tema já movimenta os gabinetes parlamentares.

 

 



CANDIDATO À REELEIÇÃO
O atual presidente da Câmara, Márcio Damazio, já assumiu publicamente que será candidato à reeleição.
A oposição, com certeza, deverá lançar um nome para a disputa.
Ganha quem tiver metade dos votos, mais um.
Ou seja, 11 votos.

ELEIÇÃO DA CÂMARA (2)
A eleição para a presidência da Câmara será em dezembro, provavelmente, antes do recesso parlamentar, que terá início em meados do mês.
A posse do eleito será no primeiro dia do Ano Novo.

PSB RACHA NO ESTADO
Romário (PSB) declara apoio a Aécio na disputa contra Dilma.
Glauber, presidente regional do PSB, é contra o apoio ao tucano.
Ou seja, senador e deputados eleitos vão ficar em campos opostos.

CANDIDATO A PRESIDENTE
O deputado federal e senador eleito Romário deverá ser eleito presidente do América, segundo time do coração dos cariocas.
O clube que comemorou recentemente 110 anos de vida, anda em situação de penúria no futebol estadual.
Só o prestígio do Baixinho para salvar o Mequinha.

E POR FALAR...
Aécio, Pezão, Glauber e Wanderson foram os políticos preferidos dos eleitores friburguenses no dia 5.
Mas o verdadeiro campeão de votos na cidade foi... Romário.
Ele foi o único a conquistar mais de 50 mil votos em Nova Friburgo.
Para ser mais exato, teve 50.420 votos na cidade.

DIA DO PROFESSOR
No próximo dia 15, como se sabe, é comemorado o Dia do Professor.
Nesta data, o conhecido professor e escritor friburguense Hamilton Werneck é o convidado especial do programa Sem Censura, da jornalista Leda Nagle.
O programa no TV Brasil vai ao ar das 16h às 17h30.

TIROTEIO POLÍTICO
Luiz Fernando Pezão (PMDB) vai explorar no segundo turno a ligação do senador Marcello Crivella (PRB) com a Igreja Universal do Reino de Deus. Não é à toa que passou a chamá-lo de bispo licenciado da Universal.
Pezão também quer colar a rejeição de Anthony Garotinho (PR), o primeiro dos grandes a anunciar apoio ao seu adversário.
A cada duas frases, numa delas Pezão cita Garotinho com Crivella.

TIROTEIO POLÍTICO (2)
Crivella também será agressivo com o adversário.
Lembrará Sergio Cabral, fazendo referências ao episódio dos guardanapos em Paris.
E ainda fará ironias com o estilo simples do adversário.

PONTO FINAL
O segundo turno das eleições estadual e nacional promete.
E como promete!

Comentários

Nenhum comentário nesta notícia. Seja o primeiro comentando abaixo!

Comente sobre esta notícia