x
Publicado 07/08/2015 16:44:56

Você está sendo filmado: Friburgo inaugura sistema monitoramento de câmeras

Foi inaugurado nesta sexta-feira, 7, o Programa Nova Friburgo Cidade Inteligente. O governador Luiz Fernando Pezão participou da solenidade de lançamento ao lado do prefeito Rogério Cabral no prédio do Centro Administrativo da Prefeitura (antigo Oi/Telemar).

O projeto consiste da implantação de uma rede de monitoramento urbano que tem o propósito de reduzir os índices de criminalidade e infrações de trânsito no município. As 32 câmeras de monitoramento foram instaladas em diversos pontos e são consideradas de alto grau de sofisticação e recursos de gestão de imagens.

A fase de testes aconteceu no carnaval deste ano – quando a movimentação de turistas e friburguenses na rua aumenta significativamente, e também o fluxo de veículos – para avaliar os equipamentos, seu alcance, e realizar os ajustes necessários para a efetiva implantação do projeto.

Anterior à fase de testes, a Secretaria Municipal de Ciência e Tecnologia conduziu a capacitação de pessoal para a operação do monitoramento. Para tanto, foi ministrado curso através da empresa Intelbras, de Santa Catarina, do qual participaram servidores da Prefeitura Municipal, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros – grupo que comporá a equipe de colaboradores do projeto.

A estrutura do Programa Nova Friburgo Cidade Inteligente conta com a instalação de 32 câmeras de alta precisão, sendo 16 fixas e 16 do tipo speed dome (com rotatividade de 360°) – que vão desde a Praça de Conselheiro Paulino ao bairro Cônego, passando pelo Centro da cidade até a Ponte da Saudade – e somam 25,5 km de rede de fibra óptica. O monitoramento se dará durante 24 horas por dia, sete dias por semana, de dentro da Central de Operações, que receberá as imagens com alta tecnologia dos pontos contemplados pelas câmeras. 

O projeto foi desenvolvido pelos professores Gil de Carvalho e Joaquim Teixeira de Assis – do Instituto Politécnico do Rio de Janeiro/UERJ – com recursos da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), e ficará sob a gestão da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissionalizante e Superior, coordenadora do programa.

Na sede da Central de Operações – localizada na Avenida Alberto Braune, 224 (prédio em frente à prefeitura) – estão alocados funcionários treinados das secretarias de Ciência e Tecnologia e Mobilidade Urbana, além de um policial militar. E, em situações pontuais, em que se faça necessário, poderão ser acionados ainda representantes da Secretaria de Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e de outras instituições.

Toda a movimentação da cidade poderá ser acompanhada em tempo real, o que contribuirá para duas frentes principais: segurança e trânsito.

Paralelamente, a Prefeitura também disponibilizou um aplicativo no qual a população poderá interagir com a Central de Operações do Programa Cidade Inteligente, enviando registros, por exemplo, da uma queda de árvore ou um acidente de trânsito e acompanhar como está sendo o atendimento.