x
Publicado 18/07/2016 11:59:32

Veja 12 coisas que são proibidas no Snapchat

O Snapchat faz muito sucesso pela sua função básica: mensagens que se autodestroem após determinado tempo. Porém, mesmo que as imagens "virem pó” em poucos segundos, a rede social possui regras rígidas, que impedem que o conteúdo criado violem seus termos de uso. Embora muita gente não saiba, há coisas que são proibidas de fazer em snaps.

Ao aceitar os termos de uso e políticas dos serviços online, texto que muita gente não lê, o usuário do Snapchat se compromete a seguir uma lista extensa de bom comportamento. Além de questões básicas sobre o uso, o termo contém as ações que não devem ser feitas, sob pena de punição.

1) Mandar "nudes"
Apesar de parecer o ambiente propício para enviar imagens íntimas, já que são destruídas em pouco tempo, não é permitido publicar nenhum tipo de pornografia no app, mesmo que seja direcionada a apenas uma pessoa e dure apenas dois segundos. Ou seja: nada de “manda nudes” no Snapchat.
2) Conteúdo violento
O aplicativo proíbe o envio de mensagens que contenham violência explícita, ameaças, discursos de ódio ou incitação à violência. Tem algum desafeto? Não tente resolver o problema através do Snapchat.
3) Menores de 13 anos
Embora a moda do Snapchat tenha conquistado muitas crianças e pré-adolescentes, é importante saber: segundo o termo de uso, a empresa não permite que menores de 13 anos utilizem o aplicativo.
4) Enviar spam
Para a alegria dos usuários, spam não entra no Snapchat. Os termos do aplicativo afirmam que não é permitido enviar mensagens eletrônicas em massa, geralmente utilizadas para a divulgação de algum serviço ou produto, ou outros conteúdos que incomodem os usuários. Portanto, não faça isso.
5) Bullying ou assédio
Mesmo sendo crimes, é comum encontrarmos vítimas de bullying e assédio nos mais variados ambientes. Porém, para assegurar o bem estar dos usuários, o Snapchat proíbe qualquer tipo de conteúdo que possa ser compreendido como intimidação, bullying ou assédio.
6) Ganhar dinheiro
Também não é permitido utilizar o aplicativo para nenhuma finalidade comercial sem o consentimento prévio do app. Ou seja: nada de anunciar produtos ou fazer qualquer outra atividade para ganhar dinheiro sem antes entrar em contato com a equipe comercial do próprio Snapchat.
7) Invadir a conta alheia
O Snapchat não permite que outra pessoa use ou tente usar a conta, o nome de usuário ou a senha de terceiros sem a permissão do mesmo. Se isso acontecer, você deve entrar em contato com o suporte.
8) Compartilhar a senha
Mesmo que a senha (e a conta) seja sua e que você acredite que pode fazer o que quiser com o seu perfil, não é bem assim que funciona. Os termos do aplicativo proíbem que o usuário informe sua senha a outra pessoa. Esta é uma forma de zelar pela segurança de todas as contas.
9) Comprar ou vender contas ou contatos
Como o Snapchat cria uma conta pessoal para cada usuário, o mesmo é responsável por postar conteúdos, adicionar e ser adicionado por outras pessoas. Por este motivo, não é permitido comprar, vender ou alugar contas, Lives, Snaps, nomes de usuários ou links de amigos. A prática é muito comum por, por exemplo, quem criou um nome de usuário e quer vendê-lo a outra pessoa.
10) Ter várias contas
O app permite que cada usuário crie apenas uma conta. Não crie várias contas pra si mesmo e, caso seja banido por desrespeitar alguma regra, saiba que também não é permitido criar uma nova conta, a não ser que a equipe do Snapchat envie uma declaração por escrito autorizando.
11) Violar direitos autorais
Caso um usuário do Snapchat utilize algum conteúdo que viole os direitos autorais de outra pessoa/marca, esta poderá denunciar a conta diretamente à equipe do aplicativo. A mesma regra é valida para a violação de direitos relacionados à publicidade, privacidade, marcas registradas ou outros direitos de propriedade intelectual previamente registrados. Portanto, conteúdo apenas autoral.
12) Vírus ou códigos maliciosos
Para garantir a segurança do público, o Snapchat não permite carregar nenhum tipo de vírus, códigos maliciosos ou outro artifício que comprometa o uso do app — intensificados pelo chat 2.0. Também fica proibido o uso de robôs (bots) para postar algo no aplicativo ou roubar dados dos usuários.

O que acontece se alguém desobedecer?
Por ser uma rede social com um volume enorme de pessoas, o Snapchat obviamente não consegue analisar todo o conteúdo que é produzido no aplicativo. Porém, os próprios usuários podem denunciar o mau uso do aplicativo por pessoas e marcas através do site de suporte da empresa.

Caso a equipe descubra alguma irregularidade com uma conta, o conteúdo pode ser apagado sem aviso prévio ou a própria conta pode ser desativada. Em último caso, você só poderá criar um novo login se conseguir uma autorização da equipe do Snapchat — a rede social não deixa claro como fiscaliza novos logins criados por usuários banidos e sem autorização.

Vale lembrar que em alguns casos da lista, além de proibidos pelo Snapchat, as atividades também são crimes previstos por lei e podem trazer problemas maiores do que uma simples desativação de conta.

www.techtudo.com.br