x
Publicado 28/12/2016 10:49:03

Seu cachorro fica grisalho pelos mesmos motivos que você

Estudo pioneiro comprova que estresse e ansiedade também são os responsáveis pelos fios brancos em cães

Ter feito hora extra, buzinado no trânsito, xingado os vizinhos que ouviam música alta e se revirado na cama pensando nos problemas do dia seguinte são sim alguns dos motivos pelos quais você está grisalho hoje ou pode ficar em breve. A perda da coloração dos fios acontece pela diminuição da melanina, o pigmento que dá cor para o cabelo, a pele e os olhos. E além da genética, nosso estilo de vida pode dar um bom empurrãozinho rumo à cabeleira branca.

A novidade é que o seu cachorro pode branquear os pelos pelas mesmas razões. Ok, seu cãozinho não trabalha nem tem uma lista de tarefas que o deixe insone, mas nem por isso ele deixa sentir estresse e ansiedade – e, de acordo com um novo estudo, essa é a fórmula perfeita para eles também ficarem grisalhos.

A pesquisa feita com mais de 400 cachorros do estado do Colorado, nos Estados Unidos, e publicada no periódico Applied Animal Behaviour Science, comprovou a suspeita dos cientistas de que os cães não ganham pelos brancos na cabeça e ao redor do focinho apenas pela idade avançada, mas também por estresse.

Os pesquisadores envolvidos no estudo visitaram clínicas veterinárias, os lares desses cachorros e pediram para que os donos respondessem um questionário sobre o estilo de vida, a saúde e o comportamento de seus melhores amigos. Para medir o nível de impulsividade, estresse e ansiedade dos cães, os cientistas perguntaram se eles destruíam coisas quando ficavam sozinhos em casa, se ficavam agitados quando estavam em grupo e se pulavam nas pessoas.

Eles também tiraram fotos no estilo das fotografias feitas em cadeia (em inglês, mug shot) dos 400 cães para criarem uma escala de gradação das cores das pelagens – os cãezinhos com pelo mais claro foram excluídos da sessão de fotos, por ser mais difícil mensurar o quão grisalhos eles estão.

A partir disso, os pesquisadores perceberam que os cachorros que mostram indícios de impulsividade e ansiedade tinham mais pelos brancos que aqueles mais calminhos. Cães com maior sensibilidade à ruídos altos e que demonstraram mais medo frente à animais desconhecidos também eram mais grisalhos.

O professor Thomas Smith, da Universidade do Norte de Illinois, conta que, se previamente essa era uma das hipóteses, quando ele e seus colegas analisaram os dados, o resultado foi gritante: estresse, irritabilidade e ansiedade são fatores determinantes para que os animais branqueiem os pelos. Ele também ressalta que o aparecimento de fios brancos nada tem a ver com o tamanho do cão, se ele foi castrado ou se teve algum problema de saúde.

Ou seja, pelo bem dos pelos do seu cachorro e da sua cabeleira: aproveite este final de ano para relaxar.