x
Publicado 17/11/2016 11:45:39

Seis temperos que podem ser cultivados na janela

Plantas ervas e temperos é muito simples. Eles não precisam de muito espaço e se desenvolvem rapidamente. Além disso, é sempre bom poder contar com diferentes gostos e sabores ao alcance da sua janela.

Na lista abaixo você tem algumas sugestões para começar uma hortinha, mesmo em espaços bem pequenos.

Manjericão
O manjericão gosta de muito sol e calor, portanto, escolha uma janela bem iluminada. Ele pode ser cultivado em um pequeno vaso e o plantio começa com pequenas sementes.

Folha de louro
O louro também pode ser plantado a partir de sementes em um pequeno vaso. No entanto, como ele cresce bastante, pode ser necessário transferi-lo para um espaço maior, de acordo com o seu desenvolvimento. O ideal é colocá-lo perto de uma janela que não receba luz solar direta. Ele também precisa de boa ventilação e não muita água.

Cerefólio
O cerefólio é uma erva muito parecida com a salsa. Ele se dá bem com temperaturas baixas e o ideal é que seja plantado no final do verão ou início do outono.

Cebolinha
A cebolinha também se adapta muito bem aos vasos na área da janela ou mesmo em uma bancada na cozinha ou no jardim. Para começar a plantá-la, você pode aproveitar os talos (com raízes) da própria cebolinha comprada no supermercado ou da feira. O ideal é que ela seja orgânica.

Orégano
O orégano pode ser plantado por sementes ou estaquias. Na segunda opção, é necessário ter um pé já desenvolvido, de onde serão retirados ramos de, aproximadamente, 15 centímetros de comprimento. Remova as folhas, deixando apenas três ou quatro pares delas. Mergulhe a metade inferior do ramo em um recipiente com água e espere até que comecem a surgir raízes. Quando isso acontecer, plante-o em um vaso ou jardineira. Ele é altamente resistente e se adapta a diferentes condições climáticas.

Alecrim
O alecrim também é bastante comum na culinária e até como aromatizante de ambiente. Ele pode ser plantado a partir de sementes, mudas prontas ou também pela técnica de estaquias. O único cuidado maior é com o solo. Esta espécie se dá melhor em solos pedregosos e clima seco, portanto, não irrigue demais e nem o mantenha em locais que acumulem muita água.