x
Publicado 26/08/2016 09:39:25

Saiba quais são as dicas para evitar acidentes com gás dentro de casa

O acidente com os estudantes Maira Nuldeman, de 23 anos, e Rafael de Paula Campos, de 20, encontrados mortos, na terça-feira, num banheiro em uma casa em Teresópolis, levanta o alerta para cuidados com o aquecedor a gás que fica nos banheiros. 

Confira algumas dicas de segurança

Circulação de ar — Em caso de aquecedor no banheiro, é necessária ventilação. A porta tem que ter abertura de 200 cm². As janelas devem ficar abertas.

O aquecedor — A chaminé que sai do aquecedor deve ter no mínimo 35cm de altura e no máximo 2m de comprimento. Na sua saída, deve ser instalado um terminal em “T”, para evitar que o vento faça o monóxido de carbono retornar.

Sinais — O monóxido de carbono não tem odor, mas costuma provocar tontura, sonolência e rápida perda de consciência.

Fique atento — A chama do aquecedor deve ser estável e azulada. Se estiver instável e amarelada, é sinal que algo está errado.

Verifique — Misture água e detergente e coloque ao redor da mangueira do aquecedor ou do botijão. Caso haja espuma, há vazamento.

Cuidados com o gás encanado — Não utilize tubulações de gás como suporte de outros objetos. Feche a válvula do medidor de gás caso se ausente por vários dias.

Cuidados com o botijão — O recipiente não deve ficar deitado pois, se houver resíduo de gás, pode vazar. Na instalação, use a mão para encaixar a válvula e o botijão — nunca ferramentas.

Cheiro — Embora o monóxido de carbono não tenha cheiro, o gás natural e o de botijão são odorizados, isto é, têm cheiros artificiais. Caso sinta cheiro de gás, não ligue nem desligue interruptores e aparelhos elétricos; abra portas e janelas para ventilar o local; feche os registros dos aparelhos; não acenda fósforos ou isqueiros.

Recomendação — A recomendação do Corpo de Bombeiros é dar preferência ao sistema canalizado, em vez do gás de botijão.

http://extra.globo.com/