x
Publicado 11/12/2015 12:36:09

Restauradas, estátuas das "Quatro Estações" ficarão em museu e não na praça

As estátuas de mármore Carrara, agora, protegidas de vândalos

Por questões de segurança, para evitar que sejam novamente alvo de vândalos, as quatro estátuas de mármore Carrara, que representam as quatro estações, ficarão expostas ao público na Casa do Barão (prédio da antiga Biblioteca e Câmara de Vereadores), na Praça Getúlio Vargas, e não mais no local original, nos canteiros da Praça Dermeval Barbosa Moreira.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira, 10, pelo presidente da Fundação D. João VI – instituição que cuida do patrimônio histórico de Nova Friburgo – Alexandre Meinhardt. Ele acrescentou ainda que, ao expor as peças históricas em local fechado, o objetivo é também evitar que elas, eventualmente, sejam danificadas pela ação do tempo.

"As estátuas estão deixando de ser meras peças decorativas de jardins para serem realmente patrimônio histórico de Nova Friburgo", disse. "Há a possibilidade de serem feitas réplicas das quatro estátuas para serem colocadas no local de origem, na Praça Dermeval Barbosa Moreira", acrescentou.

As quatro estátuas haviam sido retiradas da Praça Dermeval Barbosa Moreira depois de terem sido depredadas em 2013. Elas acabam de ser recuperadas pela Prefeitura, através do restaurador George Sliachticas, e entregues, esta semana, na Casa do Barão de Nova Friburgo, sede da Fundação D. João VI, na Praça Getúlio Vargas.

As estátuas em mármore de Carrara são muito antigas e de um valor inestimável para a história de Nova Friburgo.

As esculturas são de autoria do artista francês Mathurin Moreau, que as produziu no fim do século XIX.

Encomendadas por Eduardo Guinle, foram doadas à municipalidade na ocasião do centenário de Nova Friburgo, em 1918.