x
Publicado 21/06/2016 15:39:06

Responsável pela construção do Colégio Anchieta será homenageado pela Prefeitura

Pe. Yabar no Colégio Anchieta

A inauguração do Corredor Histórico no terceiro andar do Colégio Anchieta, em abril deste ano, entre tantas riquezas, foi uma oportunidade também de relembrar uma personalidade esquecida e extremamente importante: o padre jesuíta Luiz Yabar.

Grande responsável pela construção do prédio principal do Colégio Anchieta, o personagem histórico já deu nome a uma antiga escola em Nova Friburgo, a Escola Municipal Pe. Yabar, situada em Olaria. Na época, o terreno da escola foi comprado pela Torrington, que ali estendeu a sua planta fabril, propondo-se a construir outra escola em um novo lugar. Com essa mudança, a nova escola deixou de homenagear o padre - de importância histórica para a cidade, e passou a se chamar Escola Canadá, país de origem da indústria.

Agora a Prefeitura Municipal de Nova Friburgo se propõe a reparar o erro do passado, rebatizando a antiga Creche Girassol, que fica próxima ao Colégio Anchieta e foi toda reconstruída. A partir desta sexta-feira, 22 de junho, quando será inaugurada, ela se chamará Creche Pe. Luiz Yabar.

“Nós nos sentimos muito gratificados com essa homenagem, pois o Pe. Yabar foi um homem muito ativo, de importância não só para o Colégio Anchieta, que ajudou a construir, mas também para a cidade Nova Friburgo. Aliás, o nome dele está ligado, inclusive, às origens do futebol no Brasil”, conta o Pe. Toninho Monnerat, diretor geral do Colégio Anchieta.

A diretoria do Colégio estará presente à inauguração, prevista para as 10h. Em seguida, as autoridades estão convidadas para uma visita ao Corredor Histórico do Colégio Anchieta, onde poderão conhecer a Biblioteca do terceiro andar, a Sala de Aula Retrô, a Sala de Música, a Sala Nobre, a Capela Mater Pietatis e, claro, a reconstituição do Quarto do Pe. Luiz Yabar.

Pe. Luiz Yabar SJ

Filho de uma grande família peruana, o Pe. Yabar nasceu em Cusco, no dia 11 de outubro de 1856. Ainda muito jovem foi para um seminário em Roma, onde fez seus primeiros estudos. Lá conhece a Companhia de Jesus e decide se juntar a ela para se tornar um Jesuíta.

Foi, então, enviado para a França, na cidade de Chateaux des Alleux, para fazer seu noviciado. Mas antes que terminasse seus estudos, os jesuítas foram expulsos da França e o jovem Luiz Yabar, enviado ao Brasil como professor no Colégio São Luiz, que na época funcionava em Itu-SP. Em 1884, ele retornou a Roma, onde terminou seus estudos de Teologia, e se ordenou sacerdote em 13 de agosto de 1887.

Voltou ao Brasil em 1888 e, por diversas vezes, foi reitor dos Colégios São Luiz, já funcionando na cidade de São Paulo e do Colégio Anchieta em Nova Friburgo, onde acompanhou o início e o término da construção do atual prédio principal.

Como reitor do Colégio Anchieta, fundou a 1ª revista colegial “Aurora Collegial”, além de receber o célebre Ruy Barbosa como paraninfo de turma. Na cidade de Nova Friburgo, dedicou-se também à pastoral do atendimento espiritual. Fundou “a Associação das Mães Cristãs” e foi diretor da Pia União das Filhas de Maria do Colégio das Dores. Pe. Yabar morreu em Nova Friburgo aos 85 anos de idade.

Galeria de fotos