x
Publicado 19/07/2016 12:07:38

Real Banda Euterpe: três apresentações em julho

Concertos no Colégio Anchieta (Medalha Tiradentes), ‘Banda na Praça’ e revezamento da chama olímpica no Suspiro são os compromissos da agremiação

Exatamente a uma semana, da passagem por Nova Friburgo da chama olímpica, a Real Banda Euterpe Friburguense tem programado, na 'Estação Livre', no sábado, 23/7 (a partir das 17 h), mais uma das edições mensais do programa cultural 'Banda na Praça', realização conjunta à Prefeitura, através da Secretaria de Cultura do Município, cuja titular é a secretária Cristina Sacchetto.

Mas esse não é o único compromisso da Real Banda Euterpe para este mês. Na véspera, 22/7, de sua apresentação mensal do novo espaço cultural na praça Getúlio Vargas, onde funcionava a Estação de Integração Urbano Rural prefeito Cesar Guinle, o maestro Nelson José da Silva Neto estará conduzindo o grupo musical na cerimônia de entrega da Medalha Tiradentes ao Colégio Anchieta, por ter completado 130 anos de fundação no último dia 12 de abril.

A condecoração, que é a maior honraria da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), foi proposta pelo deputado estadual friburguense, o jornalista Wanderson Nogueira.

Encerrando o mês, no sábado dia 30, a Real Banda Euterpe participa, a convite do secretário de Turismo, Nauro Grehs, das atividades de recepção à chama olímpica no município, um dos últimos a receber a tocha antes da abertura oficial dos Jogos Rio 2016, no próximo dia 05 de agosto. A Real Euterpe estará na praça dos Suspiro, um dos cinco locais de apresentação ao longo da rota da passagem da tocha pela cidade.

Euterpe & Anchieta: duas histórias que se entrelaçam

Com a tradição de estar presente nos principais acontecimentos da Cidade, a Real Banda Euterpe não poderia deixar de participar desta homenagem ao colégio da Companhia de Jesus em Nova Friburgo, que por mais de cem anos faz parte da paisagem e da história friburguenses.

A banda tocou na inauguração do estabelecimento de ensino, em 1886, além de em outros diversos momentos de sua trajetória sesquicentenária ter participado de outras importantes atividades daquele estabelecimento educacional. Tendo uma de suas antigas sedes, na General Osório - mesma rua do colégio - a Euterpe Friburguense chegou a realizar ensaios no antigo “Chateau”, como o colégio era conhecido antigamente, além de realizar suas principais fotos oficiais do cinqüentenário (1913), centenário (1963) e do sesquicentenário, este último em 2013, tendo o prédio do Anchieta como cenário.