x
Publicado 04/04/2017 16:05:07

Queda de cabelo: muitos fios pelo chão e presos na roupa pode ser sinal de perigo

Apesar de ser bem mais comum entre homens, a queda de cabelos anormal também afeta as mulheres e as causas podem ser variadas, desde fatores genéticos, hormonais e emocionais, questões ambientais, hábitos e alimentação.

Diariamente é comum perdermos até 100 fios de cabelos, mas se você percebe no travesseiro, nas roupas e na região do chuveiro uma queda aparentemente melhor, vale ligar o sinal de alerta. A consulta com um especialista e a realização de exames são essenciais para descobrir os motivos e os tratamentos indicados para cada caso.

Causas da queda de cabelo
Alterações hormonais são alguns dos principais motivos pela queda excessiva dos fios. Durante a menopausa, por exemplo, a diminuição na produção de estrogênio, importante para o crescimento e fortalecimento dos cabelos, pode provocar o enfraquecimento e a queda entre as mulheres acima dos 40 anos.

Mulheres que acabaram de dar à luz também podem notar queda acentuada de cabelo. Logo após o parto os fios entram bruscamente na fase telógena e caem com frequência. O problema geralmente acontece 60 dias após o nascimento e se estende por até seis meses antes de voltar ao normal.

Dietas muito restritivas ou redução brusca no consumo de proteínas são capazes de provocar queda dos cabelos. Se você abandonou ou minimizou o consumo de carnes, deve repor o nutriente através de opções como ovos, cogumelos, soja e folhas, por exemplo. Vale ainda ingerir mais vitamina B, encontrada em peixes, vegetais ricos em amido e frutas não cítricas.

Os fatores emocionais também merecem atenção, já que o estresse e a ansiedade, apesar de não causarem a queda de cabelos propriamente, pioram e agravam a condição existente, aumentando os fios soltos.

Excesso de procedimentos estéticos ou realizados de maneira equivocada podem danificar e enfraquecer os cabelos. Ao decidir tingir e fazer alisamentos ou escovas é essencial que os fios recebam cuidados antes e depois dos processos. Nunca aposte em mais de um tratamento químico de uma vez e respeite o tempo de pelo menos um mês entre uma intervenção e outra.

Como saber se os cabelos estão caindo muito?
É possível realizar em casa testes simples para verificar se a queda de cabelo é excessiva. Segure uma mecha de cabelos e puxe: se mais do que 15 fios caírem de uma vez só, o indicado é consultar um dermatologista.

Outra técnica simples é segurar uma mecha de cabelo do alto da cabeça com uma mão outro tufo perto da nuca, com a outra. Sinta o volume e perceba: se a parte de cima estiver muito mais rala do que a parte traseira, também pode sinalizar algum problema. Além disso, observe se começou a sentir coceiras acentuadas, maior oleosidade e descamação do couro cabeludo.

Queda de cabelo durante o banho
Especialistas apontam que a queda maior de fios durante o banho é natural, mas algumas medidas simples ajudam a evitar o problema. Confira as dicas:

Procure desembaraçar os cabelos sempre antes do banho, e não durante. Assim, menos fios vão se soltar da cabeça.
Evite banhos quentes e demorados demais, que danificam os cabelos e removem a camada protetora da pele. Prefira lavar os fios com água morna ou fria.
Xampus ajudam no tratamento dos cabelos, mas não são capazes de reverter o quadro de queda. No entanto, apostar em produtos antiqueda pode contribuir para manter o couro cabeludo limpo e saudável, minimizando assim as chances de fios enfraquecidos.
Massageie o couro cabeludo durante o banho. O hábito estimula o crescimento dos fios e deixa as raízes mais fortes.

http://www.vix.com/