x
Publicado 23/11/2016 15:31:56

Quando o dia não tem fim; entenda o fenômeno do sol da meia-noite

Turistas observam o sol da meia-noite

O fenômeno natural do sol da meia noite acontece no verão, em regiões próximas aos polos da Terra.

A explicação para este acontecimento é bem simples e tem tudo a ver com o movimento de rotação do globo. O sol não se põe nestes locais por conta da inclinação do eixo da Terra em relação à sua órbita em torno do Sol.

Isso significa que, de 21 de março a 23 de setembro, o Polo Norte tem sol 24 horas por dia. Na Finlândia, moradores e visitantes vivem na maior claridade entre junho e julho. E, quanto mais ao norte, mais o sol permanece acima do horizonte.

Se este fato já é um costume aos moradores destas regiões, impressiona bastante os turistas.

Tanto que os países que têm esse fenômeno oferecem mergulhos, passeios ao ar livre e pontos de visão públicos para os visitantes que querem passar algumas das 24 horas sob o sol.

Ainda é possível ser visto em partes dos outros países do Círculo Polar Ártico, como Estados Unidos, Islândia, Canadá, Rússia e Suécia.

Em algumas regiões, entretanto, é mais comum se ter noites claras, visto que o sol se esconde no horizonte em algumas horas.

A mesma situação acontece no Polo Sul, na Antártica; porém, por ser um lugar que não há habitantes permanentes, não é tão explorada.

Mais uma curiosidade: em razão deste fenômeno, nos outros seis meses do ano, estes locais ficam no escuro por muitos dias.

Veja fotos do sol da meia noite:

Galeria de fotos