x
Publicado 01/11/2017 16:21:24

PRÊMIO JABUTI 2017: Friburguense ganha maior prêmio de literatura do país

Simone Brantes autora de

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou nesta terça-feira, 31, os livros ganhadores do 59º Prêmio Jabuti, principal prêmio de literatura do Brasil.

Foram anunciados os vencedores para as 29 categorias. Ao todo, a edição 2017 recebeu 2.346 incrições. A friburguense Simone Brantes foi a grande vencedora da categoria Poesia, com "Quase todas as noites" (7letras). Ela está radicada no Rio de janeiro desde 1980.

Os 29 ganhadores receberão o troféu Jabuti e R$ 3,5 mil. A cerimônia de entrega vai acontecer no Auditório Oscar Niemeyer, em São Paulo, no dia 30 de novembro.

Simone Brantes nasceu em Nova Friburgo e vive no Rio de Janeiro desde 1980. Publicou o livro Pastilhas brancas (7Letras, 1999). Teve poemas incluídos em antologias como Roteiro da poesia brasileira anos 90 (Global, 2011) e A poesia andando: treze poetas no Brasil (Cotovia, 2008). Seus poemas e traduções de poesia foram publicados em jornais e revistas como O Globo (Página Risco), Revista Piauí, Inimigo Rumor, Poesia Sempre, Polichinello, Action Poétique e Lyrik Vännen.

PRÉMIO JABUTI / CATEGORIA POESIA

1º LUGAR - "Quase todas as noites" (7letras), de Simone Brantes
2º LUGAR - "A palavra algo" (Iluminuras), de Luci Collin
3º LUGAR - "Identidade" (Urutau), de Daniel Francoy