x
Publicado 20/06/2017 19:45:16

Prefeitura rebate crítica de presidente da CDL: "Devia ajudar"

O subsecretário de Posturas, Marques Henrique, devolve críticas do presidente da CDL, Braulio Rezende

"Bem que o Braulio [presidente da CDL] poderia ajudar a própria classe que representa, já que está preocupado com a fiscalização de ambulantes por parte da Prefeitura", disse o subsecretário municipal de Postura, Marques Henrique de Jesus, ao tomar conhecimento da matéria veiculada pelo portal Nova Friburgo em Foco nesta terça-feira, 21.

Na referida matéria, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Braulio Rezende, criticou o governo municipal com relação à fiscalização de ambulantes nas ruas de Nova Friburgo.

O subsecretário de Postura teceu duras críticas ao empresário da CDL que, quando secretário geral de governo, em 2009/2010, "demitiu dois fiscais", e o que a atual gestão encontrou foram dois servidores nesta função, o que obviamente é insuficiente para dar conta de toda a cidade.

"Vale salientar que o governo atual já está convocando os concursados aprovados para o cargo, a fim de justamente garantir maior respaldo e eficiência ao trabalho fiscalizatório. O empresário da CDL deveria primeiro se informar sobre o que estamos fazendo para de fato melhorar nossos serviços, antes de simplesmente apontar defeitos e criticar o que nem ele foi capaz de estruturar quando esteve na administração municipal", declarou Marques.

O subsecretário aproveitou para conclamar Braulio Rezende a um trabalho de fato efetivo: "Já que ele se mostra preocupado com a questão, poderia pensar em uma parceria com os empresários, colaborando com a nossa atuação, fornecendo ao poder público, por exemplo, infraestrutura paralela, objetivando proteger o comércio legalmente estabelecido em Nova Friburgo. Pois a informalidade é crescente diante da crise que o país enfrenta, portanto, toda ajuda é bem-vinda", propôs o subsecretário.

"A CDL deveria fazer como outros empresários da cidade têm feito em colaboração com a Prefeitura, melhorando suas fachadas, marquises, calçadas, enfim, e efetivamente nos ajudando na fiscalização", concluiu.