x
Publicado 02/04/2017 10:51:58

Prefeitura apura supostas irregularidades na folha de pagamento do Raul Sertã

Prefeitura: 29 casos suspeitos de irregularidade

A Prefeitura de Friburgo, via Comitê de Gestão de Saúde, está investigando 29 supostas irregularidades na folha de pagamento de funcionários do Hospital Municipal Raul Sertã. A informação foi divulgada neste final de semana pela assessoria de comunicação do governo municipal.

Segundo a Prefeitura, existe suspeita de pagamentos indevidos (o período não foi divulgado), sobretudo, na questão de horas extras indevidas.

"Há muitas informações truncadas e incondizentes no que se refere aos servidores do hospital, a exemplo de médicos com dois vínculos e jornada regular de 240 horas, mas apresentando hora extra no valor de 1.613,70, sem sequer comprová-los. O mesmo ocorre com alguns técnicos de enfermagem e funcionários administrativos do Raul Sertã. Há profissionais com jornada de 596 horas de trabalho mensal e ao que consta trabalharam 25 dos 30 dias do mês", divulgou a Prefeitura.

Segundo o governo, até o momento, "as horas extras em análise referem-se a 29 profissionais, ou seja: exceções dentro de um quadro de 900 funcionários do hospital, e que precisam ser imediatamente corrigidas".

O Comitê de Gestão da Saúde esclarece "que, após a apuração e comprovação da jornada efetivamente trabalhada (plantões e horas extras), serão realizados os correspondentes pagamentos, por meio de folha suplementar".