x
Publicado 14/10/2014 15:13:10

Pezão e Crivella trocam duras acusações em debate da CBN

Os candidatos a governador Luiz Fernando Pezão e Marcello Crivella trocaram um aperto de mão na abertura do debate promovido pela Rádio CBN nesta terça-feira, 14. Este foi o único gesto de respeito entre os dois. No mais, eles trocaram duras acusações, a exemplo que ocorre no horário eleitoral.

De um lado, Pezão insistiu em associar a imagem do adversário à Igreja Universal, enquanto Crivella seguiu a linha de relembrar o envolvimento do ex-governador Sérgio Cabral em escândalos.

Pezão começou o debate partindo para o ataque, lembrando uma denúncia de 1998, de que Crivella teria empresas das Ilhas Caymã. O senador lembrou que o caso foi arquivado por falta de provas.

Quando Crivella afirmou que metade do orçamento da saúde está nas mãos das Organizações Sociais, Pezão rebateu com veemência e fez questão de alfinetar o atual aliado do senador:

"Não faz essas contas. Não fica igual ao Garotinho, não. Não mente não. Não coloca esses números assim não. De onde que você tira esse número de R$ 9 bi só de taxa de administração? Estuda mais o estado, Crivella", pediu Pezão.

Já quando o governador questionou como Crivella comprou uma emissora em São Paulo com o salário de presidente da Empresa de Obras Públicas (Emop), o senador classificou o ataque como "injúria".

"Não é da sua índole ficar com essas infâmias e essas injúrias. Isso é coisa do Cabral. Ele fica influenciando você a tentar ganhar a eleição com injúria".