x
Publicado 22/01/2017 10:04:30

Nova Friburgo lamenta perda do grande saxofonista, Mestre Uda

Mestre Uda abrilhantou a música friburguense

Por Leyla Lopes, professora e historiadora

Friburgo está mais triste. Faleceu o famoso saxofonista João Batista Pereira, o "Mestre Uda", 72 anos. Nos áureos tempos do município, ele abrilhantou as noites da Cantina Don Carreiro, Churrascarias Rosa Amarela e Chico Rey. Nesta última, participou das memoráveis apresentações dos cantores Cauby Peixoto, Emílio Santiago e Pery Ribeiro.

O som inconfundível de seu sax também enriqueceu muitos bailes românticos na Sociedade Esportiva Friburguense, Country Clube e até dos Hotéis Garlipp e Sans Souci.

No tempo em que esteve no Rio de Janeiro, fez parte de conjuntos musicais que acompanhavam as cantoras Maria Alcina, Gal Costa e Alcione, no famoso "Canecão". Também se apresentou ao lado de Ney Matogrosso, Jorge Aragão, entre outros.

Certa vez, foi presenteado com um instrumento novo, oferta de Higino de Moraes, o "Chilo" e mais alguns amigos do Country, apreciadores de sua arte.

Ultimamente, se apresentava em hotéis de Teresópolis, fazendo dupla com Mario Vianna, o "Vianna", voz e violão.

Mestre Uda faleceu na última sexta-feira, 20, no Hospital Municipal Raul Sertã. Ele foi sepultado na manhã deste sábado, 21, no Cemitério São João Batista. Ele deixa oito filhos e quatro netos. 

Uma perda lamentável para a música friburguense!