x
Publicado 06/09/2017 08:00:34

Multidão se despede de Rogéria e município tem luto de três dias

Familiares, amigos e fãs dão adeus a Rogéria em Cantagalo

Milhares de pessoas acompanham o velório de Rogéria em Cantagalo, cidade natal da atriz e cantora. O sepultamento acontece às 11h desta quarta-feira, 6.

A Prefeitura de Cantagalo decretou luto oficial de três dias pela morte da atriz e cantora, de 74 anos. Rogéria morreu segunda-feira, no Rio de janeiro, vítima de choque séptico.

Nascida como Astolfo Barroso Pinto em 25 de maio de 1943, em Cantagalo, interior do Rio, Rogéria se autointitulava "travesti da família brasileira" e era uma das transformistas mais antigas em atividade no Brasil.

A diva passou a usar roupas e maquiagens femininas na adolescência, mas nunca teve vontade de realizar a cirurgia de redesignação sexual. Começou a carreira como maquiadora, trabalhando com artistas de renome como Fernanda Montenegro, Bibi Ferreira e Elis Regina. Também foi cantora e tornou-se vedete de Carlos Machado.

Ainda segundo o município, a última vez que Rogéria esteve na cidade, oficialmente, foi em 2011, em um evento beneficente realizado pela Secretaria de Cultura para homenageá-la.