x
Publicado 23/03/2017 08:06:05

Lava Jato: Ex-presidente do PT/Friburgo é ouvido por Moro como testemunha

Guilherme Estrella foi ouvido por Moro esta semana

O ex-presidente do Partido dos Trabalhadores de Nova Friburgo e também ex-diretor de de exploração e produção da Petrobras, Guilherme de Oliveira Estrella, prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro, responsável pela rumorosa Operação Lava Jato.

A oitiva de Guilherme Estrella aconteceu nesta terça-feira, 21, através de viodeconferência entre as cidades de Curitiba (sede da Operação Lava Jato) e Nova Friburgo (onde reside o ex-presidente petista).
Guilherme Estrella foi interrogado como testemunha de defesa do ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, numa ação relativa à 35ª operação da Lava Jato.

Estrella presidiu o PT friburguense na década de 90, antes de assumir a direção da Petrobras no governo Lula. Ele é tido como o homem responsável pela descoberta dos campos de pré-sal no Brasil.

TESTEMUNHA - A ação penal na qual Guilherme Estrella prestou depoimento como testemunha de defesa tem ao todo 15 réus, denunciados por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, o ex-ministro Antônio Palocci teria atuado para que a Odebrecht assinasse um grande contrato com a Petrobras para operação de 21 navios-sonda. Em troca, a empreiteira teria repassado propina de pelo menos R$ 128 milhões ao PT.