x
Publicado 15/08/2016 16:00:35

Judô nas Olimpíadas 2016: Por que praticar o esporte que é ouro no Rio

O ouro que a atleta Rafaela Silva conquistou para o judô nas Olimpíadas 2016 do Rio fez com que o esporte despertasse ainda mais curiosidade entre o público brasileiro. E para quem não tem intimidade ainda com o esporte, adiantamos: ele traz diversos benefícios para o corpo e para a saúde.

Judô nas Olimpíadas 2016: Aposte no esporte para as crianças
O judô é uma arte marcial que nasceu no Japão e tem como filosofia o uso da força do oponente contra ele próprio, pregando principalmente a não-violência. Por incentivar o companheirismo e a lealdade, o esporte é obrigatório nas academias militares do Japão.

Esses conceitos por si só já bastavam para fazer do esporte uma ótima opção para as crianças. Mas não para por aí! Saiba todas as vantagens da modalidade esportiva que deu o primeiro ouro para o Brasil nesta edição das Olimpíadas:

Regras e limites
Como todo esporte, o judô é regido por regras e elas ajudam as crianças a entenderem na prática a importância delas. A modalidade ensina que cortesia e respeito ao adversário estão entre os seus pilares e naturalmente quem pratica leva isso para a vida.

Domínio corporal
O judô desenvolve a flexibilidade, a coordenação motora e colabora para o reflexo. Com os movimentos exigidos pelo esporte, a criança trabalha o controle dos seus músculos, além de melhorar a postura.

Controle mental
Esse é um esporte que trabalha a concentração, a memória e o pensamento rápido para conseguir vencer o adversário. Prova disso é que estudos mostram que os praticantes do judô possuem essas habilidades mentais mais desenvolvidas em relação aos atletas de outras modalidades. O equilíbrio mental e o autocontrole também são muito importantes.

Socialização
Uma das vantagens da prática de esportes para as crianças é que o contato com outros colegas favorece a socialização. Para crianças tímidas essa é sempre uma das principais recomendações. O judô é ainda uma ótima opção para crianças que tendem a ser mais agressivas, uma vez que no esporte não são permitidos chutes, empurrões e socos.

Condicionamento físico
O judô trabalha principalmente as pernas, braços e abdômen. Além disso, melhora o condicionamento físico do atleta e possibilita o ganho de força.

Defesa Pessoal
Por ser uma arte marcial, o judô ajuda na defesa pessoal, passando conceitos para identificar situações de risco e ajudar na defesa quando for preciso.

Respeito
Seguindo a filosofia oriental, o esporte ensina a ter respeito aos mais velhos, passando a importância de ouvir os ensinamentos dos mais graduados.

Estratégica
Essa é uma modalidade que exige muito mais estratégia do que qualquer tipo de força para conseguir um bom resultado. A prática diária desenvolve essa habilidade em tudo na vida.