x
Publicado 23/01/2017 12:00:13

Hábitos saudáveis que toda família deveria adotar

Uma vida saudável é baseada em hábitos construídos ao longo dos anos e, quanto mais cedo aprendemos o que nos traz benefícios, mais fácil conseguimos entender como naturais e comuns a importância de se alimentar bem. Não chega a ser surpresa, portanto, que o ambiente familiar é essencial para o processo. Conheça uma série de pesquisas reunidas pela reportagem da revista Time que provam o fato:

Hábitos saudáveis que toda família deveria adotar
1. De acordo com um estudo publicado pelo Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics, deixar que as crianças se sirvam sozinhas durante as refeições faz com que elas tenham maior consciência da própria fome e experimentem novos alimentos.

2. Famílias que fazem suas refeições com calma e permanecem mais tempo à mesa contribuem para que as crianças tenham menores chances de sofrer com obesidade. Ao contrário do que muita gente imagina, minutos a mais no almoço ou no jantar não significam, exatamente, maior consumo de comida, mas sim um aproveitamento maior das garfadas.

3. É bastante comum os pais insistirem para seus filhos “limparem o prato”, sem deixar qualquer resto de comida. Forçar o consumo de alimentos, porém, pode fazer com que as crianças exagerem também na ingestão de opções pouco saudáveis.

4. Pesquisas mostram que famílias saudáveis e que se alimentam melhor não levam aparelhos eletrônicos à mesa. Celular, jogos e tablet atrapalham a comunicação e normalmente resultam em uma refeição menos consciente e mais pobre em nutrientes.

5. Pode parecer bobagem, mas fazer refeições em pratos e tigelas menores também contribui para uma alimentação mais saudável e equilibrada. Louças grandes demais invariavelmente levam ao consumo excessivo de alimentos, mesmo que você não perceba.

6. Pais conscientes e saudáveis, ao final das refeições, perguntam se seus filhos estão satisfeitos ou se ainda estão com fome em vez de questionar “já acabou?”. A simples e aparentemente banal troca de palavras ajuda a criança a ter maior consciência sobre seu apetite.

7. Famílias saudáveis evitam cardápios repetitivos e estão sempre dispostas a experimentações. Preparações diferentes e inclusão de novos alimentos sempre estão presentes nas mesas de adultos e crianças que comem bem.

8. Estudos apontam que os índices de obesidade infantil são menores entre crianças cujos pais não mantêm o hábito de consumir comidas prontas ou levar os filhos para lanchonetes de fast-food com frequência, como “prêmios” ou transmitindo a ideia de diversão.

9. Famílias saudáveis ainda adotam “boas maneiras” durante as refeições. Não se trata, porém, de evitar cotovelos sobre a mesa ou coisa do tipo, mas sim, uma mastigação mais lenta, descansando os talheres a cada garfada e evitando pressa e ingestão descontrolada dos alimentos.

10. É comum ainda, segundo estudos, observar que famílias saudáveis consomem bastante água ao longo do dia. Além de hidratar o corpo, que favorece o bom funcionamento do organismo e a eliminação de toxinas, a bebida evita fome exagerada e minimiza a vontade de consumir líquidos pouco saudáveis, como sucos de caixinha ou refrigerantes, por exemplo.

http://doutissima.com.br/