x
Publicado 07/03/2017 17:08:00

Fumo passivo pode afetar animais de estimação

O fumo passivo não só prejudica as pessoas, ele representa também um perigo para os cães, gatos e outros animais de estimação.

Tanto quanto os seres humanos que “fumam passivamente”, os animais podem inalar resíduos químicos do cigarro. Mas os animais podem ser expostos adicionalmente aos resíduos do cigarro que permanecem em seus pelos e patas, e ao terem contato com a pele e vestes de seus donos fumantes.

Certas raças de cães estão sob risco aumentado de câncer do nariz e do pulmão. A maneira como o fumo do tabaco afeta um cão depende ainda do comprimento de seu nariz.

Gatos que vivem com pessoas que fumam mais de um maço de cigarros por dia têm um aumento triplicado do risco de linfoma, um câncer do sistema imunológico, de acordo com o FDA.

O tabagismo também põe em risco outros animais de estimação, incluindo aves, cobaias e até mesmo peixes.

http://www.boasaude.com.br