x
Publicado 16/01/2017 15:04:01

Friburgo: Sem aulas e ameaçada de fechamento, UERJ ganha luto

Prédio da UERJ em Friburgo recebe faixa em sinal de luto

O retorno às aulas foi substituído por panos pretos e manifestações de diretores, professores e estudantes da UERJ, campus de Friburgo, nesta segunda-feira, 16. O protesto é contra a pior crise da instituição que está ameaçada de fechamento.

A crise é tão profunda que o próprio diretor da UERJ, Ricardo Barros, encaminhou na semana passada um ofício ao governo estadual pedindo a regularização dos repasses necessários à sobrevivência da instituição.

O campus da Uerj em Friburgo tem 640 universitários nos cursos de engenharia, graduação e outros dois de pós. A unidade está instalada na antiga Fábrica de Filó, na Lagoinha.

“A UERJ resiste, mas tem limite. O que acontece é que o governo vai ter que dar uma solução, uma alternativa para a sobrevivência da instituição, caso contrário, não temos como funcionar. Não podemos suportar essa situação por muito tempo", disse Ricardo Barros a uma emissora de TV local.

Galeria de fotos