x
Publicado 03/05/2017 08:26:40

Friburgo: Prefeito usa rolo compressor e barra pedido de informações na Câmara

Placar mostra força do governo contra oposição (imagem: WhatsApp)

"A oposição será tratada com respeito, mas como oposição". Em suma esta foi a estratégia colocada em prática pelo governo municipal após recentes reuniões restritas do prefeito Renato Bravo (PP) com os vereadores de sua bancada governista na Câmara num hotel da cidade.

O primeiro ato dessa nova postura mais dura e firme por parte do governo ficou nítido na sessão legislativa desta terça-feira, 2, quando a bancada de situação - pela primeira vez - barrou um pedido de informações sobre o funcionamento do Sisreg - sistema implantado pela Prefeitura para marcação de consultas na rede pública de saúde. O pedido de informações foi rejeitado por 12 votos a nove.

Votaram a favor do requerimento apenas os vereadores Professor Pierre, Zezinho do Caminhão, Nami Nassif, Wellington Moreira, Johnny Maicon, Marcinho do Alto (ditos oposicionistas), além de Alexandre Cruz, Vanderléia Abrace Essa Ideia e Nazareth Geninho.

ESTRATÉGIA - Nos dois recentes encontros com a bancada governista, o prefeito Renato Bravo e o secretário da Casa Civil, Bruno Villas-Bôas, cobraram de seus aliados maior envolvimento e comprometimento nas questões relacionadas aos interesses da Prefeitura nos debates da Câmara. Isto porque, o governo entendeu que, mesmo minoritária, a oposição vinha fazendo "muito barulho nas sessões". Outro ponto, no entendimento do governo, é que o excesso de pedidos de informações estava sobrecarregando a administração municipal.

Após a sessão desta terça-feira na Câmara, seis vereadores oposicionistas divulgaram vídeo nas redes sociais criticando o governo e sua bancada pela “pouca transparência” e “postura autoritária” em relação às questões de interesse público.