x
Publicado 22/02/2018 19:01:45

Friburgo: Postura apreende "6 mil produtos de origem duvidosa"

Produtos serão doados, diz Prefeitura

A informação é da Subsecretaria de Comunicação da Prefeitura de Nova Friburgo: as fiscalizações contra o comércio de mercadorias sem procedência apreenderam cerca de seis mil itens nos últimos meses no município.

O trabalho tem sido feito por agentes da Subsecretaria de Posturas. O material está catalogado e será doado para instituições beneficentes da cidade. A lista de produtos falsificados oferecidos por ambulantes inclui cosméticos, CDs e DVDs, eletrônicos, bijuterias, óculos, produtos de informática e vestuário.

"O consumidor que leva para a sua casa um desses produtos corre o risco de, por exemplo, expor crianças a brinquedos sem certificação do Inmetro e provocar acidentes como ingestão de peças ou exposição a material tóxico ou cortante. Já os eletrônicos e produtos de informática podem causar sobrecargas de energia, trazendo danos aos equipamentos ou até incêndios", alerta a Prefeitura.

Ainda segundo a Prefeitura, muitos itens originais estão entre as apreensões. Os comerciantes flagrados comercializando estes artigos não apresentaram as notas fiscais e nem comprovaram uma procedência legal. "Esse tipo de ocorrência, em geral, caracteriza que a mercadoria pode ser fruto de roubo de cargas. E o comércio desses produtos é o que alimenta esse tipo de crime".

Os comerciantes flagrados com material sem comprovação da origem estão sendo autuados com multas que variam entre R$ 400 a R$ 4 mil, dependendo da mercadoria e da quantidade.