x
Publicado 09/06/2017 11:34:35

Friburgo: MP quer suspender cirurgias eletivas no Raul Sertã após receber denúncia de médicos

MP notificou prefeito Renato Bravo e Secretária de Saúde Suzanne Menezes

A 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Ministério Público de Nova Friburgo recomendou ao governo Renato Bravo (PP) para que cirurgias eletivas -sem urgência - sejam suspensas no Hospital Municipal Raul Sertã.

A recomendação direcionada à Secretaria Municipal de Saúde e os diretores do hospital público foi feita após o Ministério Público receber denúncias de médicos sobre problemas com o processo de esterilização de instrumentos no Raul Sertã. A informação foi divulgada com exclusividade pelo portal G1. 

O MP também instaurou inquérito para investigar a denúncia sobre o funcionamento da Central de Materiais e Esterilização (CME). O MP ainda recomendou a realização de vistoria por parte da Vigilância Sanitária Estadual na CME com urgência.

De acordo com os médicos, as irregularidades podem elevar a incidência de complicações operatórias infecciosas.

A sugestão do Ministério Público para não suspender os procedimentos já agendados é que os instrumentos cirúrgicos sejam levados para outras centrais de esterilização da cidade.

A Vigilancia Sanitária Estadual informou que foi notificada pelo MP e que atenderá determinação em caráter de urgência, mas não divulgou uma data. A Prefeitura, por enquanto, não se manifestou sobre a recomendação.