x
Publicado 13/10/2017 16:34:54

Friburgo: Funkeiro Jonathan Costa é agredido por seguranças durante show

Funkeiro foi violentamente retirado do palco por conta de um problema com o alvará do evento 

Uma confusão tomou conta de um show que Jonathan Costa realizou na madrugada desta sexta-feira, em Nova Friburgo. Nas imagens divulgadas pelo próprio funkeiro no Instagram, ele aparece sendo agredido por seguranças em cima do palco. 

Segundo a assessoria de imprensa do funkeiro, Jonathan foi contratado para se apresentar às 2h30 da manhã na casa de shows Via Expressa, mas que lá, ele foi informado que o alvará do evento permitia que a festa fosse até às 2h.

 Jonathan conta em sua postagem que os contratantes pediram que ele tocasse mais baixo porque o alvará do evento só permitia som alto até às 2h. O problema é que com o som mais baixo, o público não conseguia escutar a música. A plateia era composta por três mil pessoas. 

"Assim que chegamos ao evento, os contratantes pediram para que eu tocasse em um volume um pouco mais baixo. Só depois eu fiquei sabendo que era porque o alvará do evento só valia até as 2h. Eram três mil pessoas cantando comigo, que foram ali para me ver tocar... E eu tive que parar o som porque não alcançava todo mundo. Não era a apresentação que o público esperava e nem a metade do que é show. Foi quando eu avisei ao público que iria parar de tocar, mas ficaria ali com eles até o final do horário da apresentação, em respeito a eles. Eu sugeri, já que não teve apresentação, que eles poderiam reivindicar o valor pago no ingresso", explicou Jonathan. 

Segundo o funkeiro, foi nesse momento que os seguranças invadiram o palco para retirá-lo de lá. "Os seguranças vieram com muita violência para cima de mim e da minha equipe, vieram pra matar. Quase me mataram! O público começou a gritar 'Não à agressão', a jogar gelo nos homens que me agrediam e alguns até subiram no palco para tentar me defender. Foi uma covardia! Só parou porque um policial militar chegou a tempo, me reconheceu e deu a ordem para me soltarem. O filho da vereadora Verônica Costa disse que a confusão só acabou após a chegada da polícia: Se a Polícia Militar não estivesse nas redondezas, poderia ter acontecido coisa pior", afirmou. 

Jonathan registrou queixa 

Segundo a assessoria de imprensa de Jonathan, a confusão aconteceu por volta das 3h da manhã e o funkeiro registrou queixa de agressão na 151 DP, em Nova Friburgo.

Instagran:@jonathancostaoficial
Facebook: https://www.facebook.com/JonathanCostaOficial/