x
Publicado 05/01/2017 07:53:43

Friburgo foi atingido por quase seis mil raios em 2016, aponta levantamento

Flagrante nos céus de Nova Friburgo (foto: Lúcio Cesar Pereira)

Eles costumam provocar medo, mas, indiscutivelmente, também suscitam cenas belas nos céus. Assim são os raios.

Segundo levantamento do Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, divulgado esta semana, Nova Friburgo foi atingida por 5.800 descargas elétricas em 2016. Em relação ao ano anterior, quando ocorreram 4.200 raios no território friburguense, foram 38% a mais.

“Nós estamos num verão sob o fenômeno La Niña, conhecido como pelo resfriamento das águas do Oceano Pacífico, o que ocasiona o aumento da zona de convergência do Atlântico Sul. Isso possibilita o que nós chamamos de rios aéreos, que é um grande canal, pelo céu, que carreia a umidade da Amazônia aqui para o Sudeste”, diz o estudo.

A população precisa adotar certos cuidados com os raios. A Defesa Civil orienta que, em dias de formação de raios, não se deve ficar perto de piscinas e do mar; deve evitar locais descampadas e embaixo de árvores. Desligar aparelhos eletrodomésticos das tomadas também é recomendado.