x
Publicado 28/01/2017 08:36:00

Escola com nome do pai prefeito é interditada em área carente de Friburgo

Equipamentos da escola estão destruídos: abandono

Os 300 alunos da Escola Municipal Lafayette Bravo Filho não irão ocupar o prédio escolar no início do ano letivo, marcado para 6 de fevereiro. A unidade instalada no bairro Floresta, um dos mais carentes de Friburgo, leva o nome do pai do prefeito Renato Bravo e foi interditado em vistoria feita esta semana pelo próprio filho. As aulas deverão ser transferidas provavelmente para o CIEP Luiz Carlos Veronezi, em Conselheiro Paulino.

A interdição da Escola Municipal Lafayette Bravo Filho, segundo o atual governo municipal, foi decidida após ter sido constatada a precariedade de suas instalações - salas em condições insalubres, problemas no telhado e instalações elétricas, quadra de esporte com equipamentos destruídos e enferrujados, buracos nos muros, pixações, rede de esgoto entupida, entre outros graves problemas.

A Secretaria Municipal de Educação ainda irá avaliar se o governo municipal irá fazer uma ampla reforma na escola ou se irá fazer a demolição para a construção de um prédio novo.

“Nosso maior objetivo é, acima de qualquer coisa, que as crianças estudem em um ambiente em que estejam seguras. A escola realmente precisa passar por intervenções e, por conta disso, as crianças serão alocadas em outro prédio”, reiterou a professora e atual secretária de Educação, Josanne Marchon de Oliveira.

O município terá que definir também um novo local na comunidade como ponto de apoio para abrigar moradores em caso de alertas de chuvas fortes.