x
Publicado 16/11/2015 15:01:17

Em tempos de crise, emagreça limpando a própria casa

Trabalhos domésticos contribui com o gasto de energia e o trabalho muscular

Se você torce o nariz para a faxina, que tal encará-la como uma forma de aumentar a queima calórica? Embora não possam ser consideradas exercícios físicos, atividades como lavar roupa e varrer a casa, por exemplo, contribuem com o gasto de energia e o trabalho muscular, o que resulta no incremento da qualidade de vida.

O maior benefício é o movimento, que ajuda a tirar do sedentarismo. Ao se dedicar às tarefas domésticas, a pessoa eleva a frequência cardíaca, o que estressa o corpo e gera uma resposta. Em longo prazo, isso produz mais força e disposição.

O gasto calórico vai depender do volume e da intensidade com a qual se faz a limpeza e a arrumação. No entanto, como a faxina não pode ser classificada como atividade física, porque não é orientada por um profissional, ela deve apenas complementar os ganhos produzidos pela prática de algum esporte, em vez de virar a única forma de mexer o corpo.

Esse tipo de trabalho até traz fortalecimento muscular, mas depois da segunda ou terceira vez que ele é realizado, o organismo se acostuma. Para que houvesse evolução, seria preciso aplicar uma sobrecarga, mas isso é muito difícil.

Atenção à postura

Para evitar lesões durante a faxina, observar a postura é extremamente importante. Além disso, o alongamento deve ser praticado antes e depois da atividade.

A falta dele pode acarretar problemas nos tecidos dos tendões, que levam mais tempo para se regenerar do que os músculos 

Fonte: http://extra.globo.com/


Galeria de fotos