x
Publicado 23/01/2017 12:13:11

Dicas NEON PET SHOP: Os benefícios de adotar um cão idoso

As feiras de adoção de cães que se espalham pelo Brasil, na sua grande maioria, contam com algo em comum: a grande maioria dos animais que acabam encontrando um novo lar são os mais novos, enquanto os cães abandonados que já possuem uma certa idade vão ficando para trás.

Com isso, a grande maioria dos cachorros que acabam não tendo a sorte de envelhecerem em uma casa ao lado dos seus donos passam os últimos anos das suas vidas em instituições ou então nas ruas. Segundo estimativas, apenas 1% dos cachorros idosos abandonados conseguem encontrar um novo e definitivo lar.

O motivo é simples: as pessoas se sentem atraídas pelos cães filhotes, pela sua energia e pela sua aparência, despertando assim uma necessidade de cuidar dos mais novos. Mas existem também uma série de benefícios que as pessoas podem ter ao levar para casa um cachorro mais velho.

Eles são tão amáveis quanto filhotes e adultos, e possuem muitas vantagens, confira algumas delas.

1. Personalidade definida
Muitos cães filhotes podem se tornar agressivos ou extremamente ciumentos quando crescem. Isto acontece devido à criação, muitas vezes, inconscientemente, mimamos os nossos pets de maneira exagerada, o que pode acarretar em um cão adulto que apresenta agressividade e ciúmes de outros animais, pessoas ou até crianças. Cães idosos já passaram por esta parte e não trarão surpresas comportamentais.


2. Nada de estripulias e objetos roídos
Os cães idosos não possuem a mesma energia dos cães filhotes e adultos. Em sua grande maioria, passam a maior parte do tempo quietinhos e fazendo companhia aos donos. Estes velhinhos adoram passeios calmos, 'assistir' TV na sala ou deitar no pé da cama na hora de dormir. Por isso não vão roer seu celular novo ou a ponta do seu sapato preferido.


3. Passeios com tranquilidade
Os cães mais velhos passeiam com mais calma e tranquilidade, não puxam e nem 'arrastam' quem está na guia e 15 minutos diários já são suficientes para deixá-los felizes e contentes! Dê preferência para o período da manhã (até as 10:00) para que o cão pegue o sol, pois a radiação solar na pele estimula a produção da Vitamina D antirraquítica e colecalciferol: ótima para os ossos.

4. Brincadeiras e aprendizados
Está enganado quem acha que cães idosos não brincam ou aprendem truques. A idade não interfere em nada na inteligência do cão, na verdade o aprendizado do que pode e o que não pode na casa, é mais fácil com cães que não são filhotes.

5. Companheiros de primeira
Os velhinhos possuem uma alta sensibilidade emocional, por isso não vão pedir para brincar se perceberem que seu dono está cabisbaixo ou triste. Muitos donos de cães idosos dizem que, nestes casos, o comum é que eles deitem perto do seu dono e façam companhia.

6. Expectativa de vida alta
Cães vira-latas em geral possuem uma alta expectativa de vida, chegando normalmente aos 17 anos de vida ou mais. Há registros de uma cadelinha, chamada Bella, que viveu 29 anos e faleceu em 2003 de ataque cardíaco na cidade inglesa de Lincolnshire, seus donos a adotaram quando ela tinha 3 anos de idade e viveram 26 ao lado dela.

http://www.neonpetshop.com.br/