x
Publicado 29/07/2016 17:09:48

Conheça as principais tradições e superstições de casamento

Tradições e superstições de casamento são tão enraizadas em nossa cultura que sequer pensamos em questioná-las. Mesmo quando elas não parecem fazer muito sentido, há quem prefira seguir os ditos populares e evitar qualquer motivo que possa resultar em problemas no enlace.

Mas você já parou para pensar no que elas significam?

Superstições e suas origens
Muitas tradições de casamentos são usadas há anos. Antes de casar, veja algumas delas e suas origens. Algumas podem surpreender pelo significado, outras pela história.

Os noivos não devem se ver antes do casamento
Poucos imaginam, mas essa ideia remonta aos tempos dos casamentos arranjados. Nesses casos, quem intermediava o que era visto como um negócio evitava que os noivos se vissem antes da cerimônia, para prevenir que algum deles pudesse fugir e desistir.

A noiva deve usar a cinta-liga
Essa tradição possui várias explicações. Muitos dizem que ela se justifica para afastar espíritos do mal, mas há quem acredite que tenha o significado de traduzir a pureza da noiva, que então se entrega ao seu parceiro.

O noivo deve carregar a noiva antes de entrar no novo lar
Essa é uma das superstições mais antigas. Ela tem origem na Idade Média, quando existia a crença de que as mulheres eram mais vulneráveis aos maus espíritos do que os homens. Para evitar a entrada desses espíritos, a noiva devia ser carregada.

Chuva no dia do casamento é algo bom
Em algumas culturas, isso é sinal de boa sorte e transmite a ideia de que o novo relacionamento se inicia limpo. Além disso, muitos acreditam indica que fertilidade aos recém-casados.

Facas não podem ser dadas como lembrancinha
Em grande parte das festas de casamento, os casais distribuem lembranças aos seus convidados. As tradições indicam que é possível presentear com qualquer item, menos facas. Isso porque muitos creem que ela traz má sorte e sinaliza um rompimento precoce da relação.

Chore no dia do casamento
É um sinal de boa sorte, para quem acredita em superstições. Significa que a noiva está descarregando todas suas lágrimas no dia da cerimônia e que não precisará derramá-las na vida conjugal que se inicia.

Como lidar com as superstições
Em primeiro lugar, é preciso saber que superstições não passam de crenças populares que se propagaram ao longo do tempo. Tanto que suas origens muitas vezes dividem quem nelas acredita. De toda forma, se você crê nelas e algo não corre como planejado, é preciso estar preparada para lidar com a ansiedade que isso pode causar.

Essa preparação pode começar já nas vésperas do grande dia. Você pode recorrer a exercícios de relaxamento, como os de ioga, que são ótimos para aliviar a tensão física decorrente do estresse. Além disso, é possível procurar grupos de ajuda que tratam do tema – muitas noivas passam por isso e depois os criam.

Caso no grande dia algo não ocorra conforme o esperado, tente manter tudo em perspectiva. Não é apenas porque um detalhe saiu do cronograma que seu casamento está arruinado. Tente manter o foco e pensar em tudo que ainda vão construir juntos. Um bom planejamento também ajuda a evitar problemas, não se esqueça.

doutissima.com.br