x
Publicado 20/05/2017 09:25:30

Com cadeados e fechaduras de qualidade, STAM cresce exportações

STAM, maior empresa de cadeados e fechaduras do Brasil

A empresa número 1 no setor de cadeados e fechaduras do Brasil segue abrindo fronteiras. Sem deixar de lado o mercado interno, a friburguense STAM aumentou significativamente a exportação de seus produtos para o mercado exterior, conforme dados divulgados esta semana pela FIRJAN. A venda de cadeados e fechaduras deu um salto de 102% em 2016 em relação ao ano anterior.

Segundo a supervisora de comércio exterior da Stam Metalúrgica SA, Joelza Schenquel Vargas, a capacidade produtiva de cadeados da empresa gira em torno das 800 mil peças/mês. "A STAM investiu num processo de automação que pouquíssimas empresas têm no Brasil", diz ela se referindo a receita do sucesso [qualidade final dos produtos] para aceitação dos cadeados e fechaduras no mercado internacional.

"A feitura do cadeado de latão, por exemplo, é totalmente automatizada. Com isso passamos a ter um produto de muita aceitação, pois o maquinário demanda matéria prima com 100% de boa procedência para poder trabalhar", destaca.

A supervisora de comércio exterior da STAM relata que com esse material de qualidade em mãos, foi mais fácil aumentar a cartela de clientes internacionais que hoje é composta em sua maioria por países do Mercosul como Bolívia, Paraguai e Uruguai.

Joelza Vargas explica ainda, que apesar de ninguém tocar no artigo até ele ser finalizado, funcionários foram mantidos nas outras modalidades de produção da fábrica e mais pessoas foram contratadas, pois os sistemas precisam ser operados por técnicos qualificados, que cuidam de qualidade, manutenção e outros detalhes que envolvem o resultado final.

Galeria de fotos