x
Publicado 30/11/2016 11:43:03

Cinco motivos que fazem alguém querer voltar com o ex

O Natal está chegando e muitas são as pessoas que pensam no ex nessa época. Nesses momentos, costumamos revisar todo o relacionamento e lembrar os momentos bons e ruins – quando o fim aconteceu, parecia ser realmente a melhor alternativa, certo? Mas como seriam as coisas se vocês ainda estivessem juntos?

Essa é uma hipótese que consideramos geralmente quando o ex em questão teve um papel realmente importante, quando o relacionamento não foi abusivo, quando o término aconteceu sem muita reflexão. Ainda assim, existem antigos amores que nos deixam com essa pulguinha atrás da orelha.

Será que valeria a pena dar uma nova chance à relação? Se você está se fazendo essa pergunta, é bom conferir um levantamento feito pelo Huffington Post, que compilou conselhos de um aplicativo que incentiva pessoas a voltarem com seus antigos amores. A seguir, descubra quais são as cinco principais razões que fazem com que as pessoas queiram reatar um namoro:

1 – Quando você percebe que fez tudo errado
Reconhecer um erro é difícil, e às vezes só depois de um tempo é que conseguimos entender que estávamos equivocados. Na hora da raiva, é normal enxergarmos apenas os defeitos do outro, o que acaba nos impedindo de fazer uma autoavaliação honesta e sincera sobre nosso próprio comportamento.
Perceber que estava errado, que realmente magoou a outra pessoa e que deu motivos para o término é, definitivamente, um dos fatores que fazem com que alguém queira reatar um namoro.

2 – Quando você acredita que perdeu a pessoa da sua vida
Quando você fica longe do seu ex-amor por algum tempo, é possível que tenha saudade e comece a pensar apenas nas qualidades dessa pessoa e em quão boa era a relação de vocês dois. Se você passa a ver o ou a ex como sua alma gêmea e a pensar que não encontrará alguém minimamente igual, suas chances de querer reatar o namoro serão realmente grandes.

3 – Quando você não quer ficar sem ninguém
Tem gente que não suporta a ideia de dormir sem alguém ao lado ou de viver sem ter a quem chamar de “mozão”. Piora mais ainda se o casal teve filhos – aí, para um dos lados, são duas separações. Nesses casos, a reconciliação não acontece necessariamente por amor, mas por medo, ansiedade e insegurança.

4 – Quando você acredita que a outra pessoa pode mudar
A relação de vocês dois não foi das melhores e você saiu dela carregando muitas mágoas. Acontece que você agora tem percebido que seu ex-amor está agindo de maneira diferente, expressando vontade de mudar, e isso deixa seu coraçãozinho cheio de esperança, fazendo com que você resolva tentar mais uma vez – afinal, vai que dá certo?

5 – Quando você acredita que você mesmo pode mudar
A pessoa que terminou o namoro com você não estava feliz ao seu lado e fez uma série de reclamações sobre seu comportamento. Se voltar é tudo o que você quer, e se você sabe exatamente o que é que você fazia de errado no relacionamento, dá, sim, para tentar mudar e propor uma reconciliação.
O fundamental aqui é ter comprometimento e persistir na sua ideia de se tornar uma pessoa melhor. Se você conseguir sua segunda chance, agarre-a com força.